Dono da marca Play Hits se manifesta sobre o uso da Play FM por parte do Grupo Bandeirantes

Por Rodney Brocanelli

Em vídeo divulgado nesta sexta (31), Robson Ferri, diretor da Agência RF, responsável pela rede de rádios Play Hits falou sobre a coincidência envolvendo o seu projeto de rádio e o nome de uma nova emissora do Grupo Bandeirantes de Comunicação, a Play FM, no ar em 92,1Mhz desde os primeiros instantes desta manhã.

Sem entrar em detalhes, Ferri explicou que a Bandeirantes tinha um registro da marca Play FM na classe 41 do INPI, o Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Por sua vez, a Agência RF tem o registro Rádio Play e Play Hits na classe 35.

No site do INPI é informado que é adotada a “Classificação Internacional de Produtos e Serviços de Nice (NCL, na sigla em inglês), que possui uma lista de 45 classes com informações sobre os diversos tipos de produtos e serviços e o que pertence a cada classe”. Ainda segundo o instituto “o sistema de classificação é dividido entre produtos, listados nas classes 1 a 34, e serviços, listados nas classes 35 a 45”. (veja aqui).

A classe 35 seria reservada para registros nas áreas de propaganda, gestão de negócios, administração de negócios e funções de escritório. Por sua vez, a classe 41 é dedicada ao serviços de educação, provimento de treinamento; entretenimento; atividades desportivas e culturais. (veja aqui).

“Teve comida de bola dos dois lados. Poderíamos ter feito uma pesquisa mais ampla e achar essa Play da Band? Poderia. E a Bandeirantes? Poderia ter se manifestado quando a gente pleiteou o pedido? Poderia? Poderia ter entrado em contato com a gente para falar sobre a situação? Poderia ter nos avisado com antecedência sobre o plano de ter uma rádio em rede chamada Play? Poderia, mas isso não aconteceu”, disse Ferri, acrescentando que descobriu a “coincidência” dos nomes faltando dez dias para a emissora do Grupo Bandeirantes entrar no ar.

No restante do vídeo, Ferri aproveitou para destacar as vantagens de seu projeto e da satisfação de suas afiliadas. (saiba um pouco mais clicando aqui). Segundo o site Tudo Rádio, a rede Play Hits conta atualmente com 15 rádios (veja aqui).

“Se você olhar de outra maneira, pode perceber que a Bandeirantes está nos dando uma grande oportunidade para o mercado conhecer nosso negócio e como reagimos diante de desafios”, declarou Ferri.

Longe de entrar no mérito desta questão, o blog Radioamantes deixa uma dica ao otimista Ferri: que tal usar de fato a marca Linguiça FM?

Veja abaixo o vídeo divulgado por Robson Ferri.

Play Hits ou Play FM

 

Você é Curioso? deixa Bandeirantes e migra para o YouTube agora como Olá Curiosos!

Por Rodney Brocanelli

O programa Você é Curioso? deixou a grade de programação da Rádio Bandeirantes. Em postagem feita em seu perfil oficial, Marcelo Duarte informou que dois dias após a comemoração de 19 anos da atração, a direção da emissora o procurou para comunicar do final do contrato. Segundo a postagem, a atração daria lugar a “algo mais comercial”. Neste próximo sábado, a Bandeirantes vai estrear no mesmo horário das 10h às 12h, o Do Bom e do Melhor, comandado por Catia Fonseca.

No entanto, os ouvintes que se acostumaram com o Você é Curioso? não ficarão órfãos. Neste sábado, das 10h às 12h, Marcelo Duarte vai começar um novo programa com imagens no YouTube: o Olá. Curiosos!

Os antigos colaboradores do programa de rádio estarão com Marcelo Duarte nesse novo projeto.

O jornalista também não faz mais parte da equipe da Band News FM, onde comandava o É Brasil Que Não Acaba Mais.

O blog Radioamantes procurou a assessoria de imprensa do Grupo Bandeirantes para falar sobre a mudança relacionada ao Você é Curioso na última terça (28). Até o momento da publicação deste post, não houve resposta. Caso ocorra alguma manifestação, ela será registrada aqui.

Clique no link abaixo para acessar o perfil no YouTube onde será transmitido o Olá Curiosos!

https://www.youtube.com/channel/UCRWXVyJ271gw6utGu1-j55Q

Veja abaixo o vídeo de lançamento do novo programa.

Marcelo Duarte

Catia Fonseca e Sonia Blota estreiam na programação da Rádio Bandeirantes neste sábado

A Rádio Bandeirantes lança dois novos programas neste sábado, 1º de agosto.

Catia Fonseca vai comandar o , que será transmitido ao vivo, todo sábado, das 10h às 12h. Voltada para a família, a nova atração pretende levar entretenimento, comportamento e notícias para o ouvinte, com a marca registrada da apresentadora. E, claro, com uma dose de culinária também.

 “Fiquei muito honrada com o convite. A ideia do programa é fazer uma manhã diferente, com muita participação dos ouvintes sobre os mais diversos temas que vamos abordar. Na estreia, um convidado muito especial. Vou conversar com José Luiz Datena”, adianta Catia Fonseca.

O Do Bom e do Melhor ainda terá entrevistas com grandes nomes do mundo artístico, sugestões de lazer, dicas de organização doméstica, comportamento voltado para a educação infantil e relacionamentos entre casais. O novo programa também trará o resumo das principais notícias da semana, produzido pelo departamento de Jornalismo da emissora.  A atração terá a co-apresentação de Danilo Gobatto.

A outra novidade da programação de sábado é o Brazil com Z, apresentado pela jornalista Sonia Blota. Exibida das 21h às 22h, a atração – que será coapresentada pelo jornalista Christiano Panvechi – será um espaço semanal para debater temas internacionais e trazer experiências de outros países para ajudar o Brasil na resolução dos seus problemas.

“O programa é uma oportunidade de discutir os assuntos mais falados aqui no Brasil em cada parte do planeta. Nós vamos juntar o mundo todo no Brasil com Z”, afirma a jornalista.

Sonia Blota foi correspondente da Band em Paris e ganhou o Prêmio Ayrton Senna de Jornalismo 2002, na categoria Destaque de Educação/Mídia Eletrônica pela reportagem especial “Heróis da Paz”, exibida no Jornal da Band. No Brasil com Z, ela vai transformar sua vivência como correspondente internacional em conteúdo aprofundado para os ouvintes da Rádio Bandeirantes e também contar histórias de brasileiros que fazem sucesso em outros países.

www.radiobandeirantes.com.br

www.twitter.com/RBandeirantes

www.facebook.com/radiobandeirantes

www.youtube.com/radiobandeirantesoficial

Catia Fonseca e Sonia Blota

Grupo Bandeirantes de Comunicação lança a Play FM nesta sexta-feira

Play FM  O Grupo Bandeirantes de Comunicação lança nesta sexta-feira, 31 de julho, sua nova emissora de rádio, a Play FM. Com programação musical voltada para os sucessos dos anos 80, 90 e início dos anos 2000, a rádio pode ser sintonizada na frequência 92.1 FM, ocupada nos últimos 13 anos pela Rádio Trânsito, projeto pioneiro do Grupo. A Play FM também está disponível no aplicativo Band Rádios para smartphones.

 “A Play FM vai tocar só sucessos para o público adulto, resgatando o melhor do rádio dos anos 80, 90 e começo dos anos 2000 com artistas que hoje são pouco tocados nas rádios. Destaque também para as canções que foram grandes sucessos de massa, como temas de novelas e filmes”, explica Betinho, diretor artístico da rádio. A programação da emissora também contará com boletins de notícias atualizados a cada meia hora.

Os ouvintes poderão conferir hits de artistas nacionais como Fábio Jr., Tim Maia, Guilherme Arantes, Sandra de Sá, Ritchie, Só Pra Contrariar e Chitãozinho & Xororó. Entre os internacionais, A-Ha, Duran Duran, Berlin, Madonna, Michael Jackson, George Michael, entre outros.

 

Confira os principais programas da Play FM.

 

Play News 1ª. Edição. No ar de segunda a sábado, das 7h às 9h, com apresentação de Gislaine Martins. Para começar o dia bem informado com os destaques do noticiário, além do melhor da música.

Play Total. No ar de segunda a sábado, das 9h às 11h, com apresentação de Gislaine Martins. A revista radiofônica de todas as manhãs: música, informação, horóscopo e uma pitada do mundo das celebridades.

Delivery Play. No ar de segunda a sexta, das 11h às 13h, com apresentação de Robson Ramos. Muita interação com os ouvintes, que podem participar pelo WhatsApp (11) 999-936-451. Destaque para os temas de novelas e filmes que marcaram época.

É do Brasil. No ar de segunda a sexta, das 17h às 18h, com apresentação de Ricardo San. Uma hora com o melhor da música brasileira.

 

 

Morre Zildetti Montiel

Por Rodney Brocanelli

Morreu na noite da última segunda (27) a jornalista e radialista Zildetti Montiel. Ela foi mais uma vítima do Covid-19, popularmente conhecido como Coronavírus. Zildetti estava internada internada no Hospital Municipal da Bela Vista (SP) desde os primeiros dias do mês de julho. Seu quadro foi se agravando e as funções renais foram afetadas. Até o momento da publicação desse post, informações sobre a cerimônia fúnebre não foram divulgadas. Ela tinha 66 anos.

Zildetti teve uma longa carreira na televisão como atriz e apresentadora. Entre seus trabalhos de destaque estão a apresentação do Bom Dia São Paulo e a edição regional do Jornal Hoje, nos anos 1970. Ela fez parte de um momento histórico da antiga TVS, canal 4, de São Paulo (hoje SBT), tomando parte da cobertura da cerimônia que marcou a assinatura da concessão da emissora, em Brasília, no ano de 1981. Em rádio, apresentou um programa na Rádio Gazeta, de São Paulo.

Nos últimos anos, fez parte da equipe da web rádio Showtime, onde comandava o Zildetti Montiel em Revista. Em 2013, sua atração era um dos destaques da grade da programação veiculada sempre aos sábados pela manhã. Começava às 08 com Carlos Brickmann. Depois, às 09h, vinha o Radioamantes no Ar. Em seguida, as 09h30, vinha a atração comandada por Zildetti. Às 10h, era a vez de Percival de Souza.

Vale um depoimento pessoal: assim que eu comecei com o Radioamantes no Ar na Showtime, a Zildetti sempre foi uma das mais parceiras. Sempre trocávamos mensagens e, generosa, ajudava a divulgar meu programa nas redes socias. Após passar  uma temporada em Fortaleza,  voltou à São Paulo. Fui procurado por ela na segunda quinzena de junho e falamos muito sobre rádio. Não imaginava que era uma despedida. A última mensagem que ela me mandou foi sobre Flavio Aschar, outro ex-integrante da Showtime, que morrera no final de junho (veja aqui). “Muito triste para nós, não é?”, escreveu.

Vou destacar aqui três momentos da nossa Zil na Showtime. O primeiro, é uma entrevista que ela fez com o jornalista Flavio Ricco, em 2015.

Ouça uma entrevista com Ângelo Vizarro Jr., locutor e apresentador de diversas emissoras jovens entre os anos 1970 e 1980.

Abaixo uma entrevista conduzida por Zildetti com Luiz Fernando Magliocca, nome histórico dos bastidores de rádio, com participação na formatação de programações de emissoras como as rádios Cidade e 89 FM.

Zildetti Montiel

Cidinha Campos intriga ouvintes em seu programa na Tupi

Por Rodney Brocanelli

Na edição desta segunda-feira (27) durante a abertura de seu Cidinha Livre, na Super Rádio Tupi,  a apresentadora Cidinha Campos disse algo que colocou muitos de seus ouvintes a pensar:

“Hoje de manhã eu aqui já queria ter morrido. E eu ando com vontade de morrer faz muito tempo, mas tem coisa que me ataca e eu fico com vontade de morrer. Hoje eu tive vontade de morrer. Mas vai passar. Vai passar. Se Deus quiser, vai passar”.

Ouça no player abaixo.


 

O que será que fez Cidinha Campos ter essa vontade de morrer?  Ainda bem, que já passou. Mesmo assim, fica a curiosidade.

 

Cidinha na Tupi

105 FM volta com as jornadas esportivas nesta quarta com Corinthians e Palmeiras

Depois de mais de 100 dias de paralisação, o futebol paulista está de volta e nada melhor do que um dérbi para dar o pontapé nesta retomada do Paulistão. Nesta quarta-feira, 22, Corinthians x Palmeiras disputarão a penúltima rodada da fase de classificação. E a 105 FM coloca todas as sua feras em campo para trazer para você as emoções do clássico paulista. Lembrando que o jogo não terá torcida por causa dos protocolos de segurança do Governo do Estado para o combate a pandemia de Coronavírus. Ou seja, a emoção vai ficar por conta da melhor transmissão do rádio com a equipe que é número um em audiência no Estado.

E quem vai contar a história deste clássico que vai mexer com os nervos de corintianos e palmeirenses é o narrador Hugo Botelho, nos comentários Celso Cardoso e Leonardo Fontes vão trazer os detalhes sempre bem pontuados e inteligentes de quem conhece muito de futebol, os repórteres que vão ajudar a contar este momento histórico serão Edison Rufino e Lucas Basílio. A apresentação sempre bem humorada da jornada esportiva que começa às 20h30 ficará por conta de Maércio Ramos, o Morcegão.

Na quinta, também com o comando de Maercio Ramos, a transmissão começa um pouco mais cedo, às 20h, com o jogo entre São Paulo x Red Bull Bragantino, a narração será de Ricardo Melo, os comentários de Marcel Capretz e a reportagem fica a cargo de Márcio Torvano.

A equipe de esportes da 105 FM está adotando todos os protocolos de segurança que envolvem os profissionais na transmissão dos jogos. Todos profissionais estão cientes do uso o obrigatório de máscaras, álcool em gel e do distanciamento entre os envolvidos nas partidas. “Estamos tomando todos os cuidados possíveis com nossos profissionais para levar a melhor transmissão para nossos ouvintes e internautas”, diz o diretor da equipe Luis Marcelo Bigatto.

105 FM

“Planeta Startup” estreia na programação da Rádio Bandeirantes nesta terça-feira

A Rádio Bandeirantes estreia nesta terça-feira (21) o quadro “Planeta Startup” dentro do programa Repórter Bandeirantes. O espaço é dedicado à tecnologia, criação, desenvolvimento, inovação e todo o universo que envolve as startups, empresas inovadoras com rápido crescimento que podem ter seus modelos de negócio replicados.  

Comandado por Ana Luísa Medici, o quadro vai ao ar às terças e quintas-feiras, às 19h45, com bate-papos, dicas, entrevistas e tudo o que o ouvinte precisa saber para alavancar seu empreendimento.

www.radiobandeirantes.com.br

www.twitter.com/RBandeirantes

www.facebook.com/radiobandeirantes

www.youtube.com/radiobandeirantesoficial

 

Ana Luísa Medici

Ouça José Paulo de Andrade narrando o acesso do Paulista, de Jundiaí, em 1968

Por Rodney Brocanelli

Um dos momentos mais marcantes de José Paulo de Andrade como narrador esportivo foi a partida que marcou o acesso do Paulista, de Jundiaí, à divisão de elite do futebol paulista. Em 1968 disputou a fase final da 2ª divisão com equipes tradicionais de outras partes do interior paulista, como, por exemplo a Ponte Preta, de Campinas, a Francana, de Franca e o Bragantino, de Bragança Paulista (saiba mais aqui).

A Rádio Bandeirantes, com seu Escrete do Rádio, acompanhou todas as emoções desta disputa. A partida que marcou o acesso do Paulista aconteceu no dia 6 de dezembro de 1968, no Parque Antarctica, o antigo Palestra Itália. Zé Paulo narrou a vitória do time de Jundiaí sobre o Barretos pelo placar de 3 a 0. Nesta transmissão, a seu lado, como repórter estava J. Hawilla, que anos depois se tornaria um empresário influente no mundo do futebol.

Pouco tempo depois, foi lançado um disco comemorativo com esse e outros registros da campanha do Paulista com as vozes de Borghi Jr, Luiz Augusto Maltoni e Alexandre Santos.

No player abaixo, é possível ouvir os gols do triunfo do Paulista sobre o Barretos com a narração de José Paulo de Andrade. Agradecimentos ao Thiago Batista, do site Esporte Jundiaí (clique aqui pra ver).

José Paulo de Andrade

Ouça a última edição de O Pulo do Gato sob o comando de José Paulo de Andrade

Por Rodney Brocanelli

3 de julho de 2020 é uma data que já entrou para a história do rádio brasileiro. Neste dia, uma sexta-feira,  José Paulo de Andrade apresentou pela última vez O Pulo do Gato. E ele estava animado. Não parecia que dali a poucos dias, ele estaria lutando pela vida. “Ô gente animada, hein? É bom começar o programa assim lá em cima, lá no alto”. Foram essas suas primeiras palavras na abertura do jornalístico.

“Podia ser uma sexta diferente, né? Com aqueles avisos que sempre dávamos aqui: ‘Você que não vê a hora de acabar o expediente para confraternizar com os amigos, lembre-se sempre que bebida e volante  formam uma parceria que pode ser mortal’. É, mas isso tudo vai passar e vamos voltar àquelas sextas-feiras tão gostosas”, disse ele.

Em seguida falou da lua: ” a lua cheia já tá dando um chega pra lá na crescente. Tá uma coisa maravilhosa.

O Pulo do Gato seguiu seu curso normal com as participações de Amanda Sampaio, Paula Soares (ambas previsão do tempo), Guilherme Cimatti (futebol), Julianne Cerasoli (Fórmula 1), Elia Júnior (boletim olímpico), Ricardo Capriotti (pílula do “Fôlego”), Nelson Gomes (editorial do Grupo Band), Márcio Fernandes (boletim do canal Agro+), Lucas Jozino, Lucas Herrero e dos colunistas Carol Sandler, Fernando Mitre e Milton Neves.

“Daqui pra frente, Primeira Hora”. Foi assim a sua despedida dos se despediu dos ouvintes. No dia seguinte (4), um sábado, ele estava de folga. Na segunda (6), já não esteve a frente do programa. Pedro Campos ficou em seu lugar.

Embora sua imagem tenha ficado bastante associada ao Pulo, José Paulo de Andrade não participou de sua estreia em 02 de abril de 1973. Seu primeiro apresentador foi Gióia Jr. Como não houve adaptação do estilo do apresentador com o perfil do programa, houve a troca. Zé Paulo assumiu o comando e o casamento foi perfeito e duradouro.

José Paulo de Andrade morreu na madrugada desta sexta (17) aos 78 anos. Ele estava internado no Hospital Albert Einstein desde o dia 7 de julho e foi diagnosticado com o Covid-19, mais popularmente conhecido como Coronavírus.

Ouça abaixo a íntegra da última edição de O Pulo do Gato sob o comando de Zé Paulo. Cortesia de Edu Cesar.

_José

Guilherme Baumhardt é novo gerente-geral da Rádio Guaíba

Por Rodney Brocanelli

Guilherme Baumhardt é o novo gerente-geral da Rádio Guaíba, de Porto Alegre. A informação foi divulgada nesta sexta (18) pelo site Coletiva.net. Baumhardt vai substituir Nando Gross, que ocupou a mesma função nos últimos pouco mais de seis anos. Apesar de deixar a Guaíba, Nando deverá seguir nos outros veículos do Grupo Record RS: a TV Record local e no jornal Correio do Povo, como colunista.

Em vídeo divulgado nas redes sociais ainda na sexta, Nando Gross disse que já vinha meio que amadurecendo uma saída da Guaíba, algumas discordâncias com rumos que a emissora tomava (veja aqui).

Baumhardt é apresentador da Rádio Guaíba. Desde dezembro de 2019, ele apresenta o jornalístico Bom Dia, substituindo Rogério Mendelski, que se transferiu para o Grupo Bandeirantes.

Em março deste ano, Baumhardt teve de se afastar do microfone por algum tempo para se tratar do Covid-19, mais popularmente conhecido como Coronavírus. O jornalista ficou internado no CTI do Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre (veja mais aqui).

Ao Coletiva.net, Guilherme Baumhardt disse estar feliz da vida com a novidade (leia aqui). A expectativa é que não ocorram rupturas na linha adotada pela Guaíba nos últimos seis anos.

Guilherme Baumhardt

Em mensagem a companheiro, José Paulo de Andrade falou sobre Covid-19: “o bicho é feio”

Por Rodney Brocanelli

Durante a comovida edição do Jornal Gente desta sexta (17), Pedro Campos, um de seus apresentadores, revelou o teor de uma das últimas mensagens que recebeu de José Paulo de Andrade, seu companheiro de programa. “Não brinque com esse Coronavírus. O bicho é feio”, escreveu ele, diretamente do hospital.

José Paulo de Andrade morreu na madrugada desta sexta (17) aos 78 anos. Ele estava internado no Hospital Albert Einstein desde o dia 7 de julho e foi diagnosticado com o Covid-19, mais popularmente conhecido como Coronavírus.

Veja abaixo.

JoséPaulodeAndrade

 

Em clima de comoção, morte de José Paulo de Andrade é anunciada no Jornal Gente

Por Rodney Brocanelli

Nas primeiras horas da manhã desta sexta (17), a notícia da morte de José Paulo de Andrade já era divulgada nas redes sociais. Sua viúva, Suely Longue, fez duas postagens no Facebook dando pistas do que acontecera. Em uma delas, uma ilustração de uma menina chorando (clique aqui para ver). Na outra, ela escreveu: “nosso amor vai além da vida” (veja aqui). No entanto, o anúncio oficial aconteceu apenas no início do Jornal Gente (ou Jornal da Bandeirantes Gente, como Zé Paulo gostava de dizer no ar).

Nada mais justo. Embora tenha muita afinidade com O Pulo do Gato, José Paulo de Andrade não estreou com esse programa, em 1973.  Por outro lado, ele participou do Jornal Gente desde que o jornalístico entrou no ar pela primeira vez, em uma situação de emergência no dia 18 de abril de 1978. A atração foi criada para substituir O Trabuco, que era comandado por Vicente Leporace, que morrera dois dias antes, vitima de um edema pulmonar.

O clima foi de bastante comoção. Não poderia ser diferente. Logo na abertura, após o quinto sinal, Thays Freitas ficou encarregada de dar a notícia aos ouvintes. “Hoje vai ser um dia muito difícil para a família Bandeirantes”, disse. Em seguida, Pedro Campos também se manifestou, falando sobre os problemas de saúde vividos por Zé Paulo, mas destacou que isso não fez com que isso o afastasse de suas atividades. Claudio Humberto, direto de Brasilia, disse que era um dia muito ruim. “A convivência com ele era marcada por muita generosidade”, afirmou.

O ex-porta voz do presidente Fernando Collor ainda relatou uma conversa com o também jornalista Eduardo Oinegue na qual falaram de José Paulo de Andrade: “O Eduardo chegou e disse assim: ‘Olha, se Deus tivesse voz,  a voz seria a do Zé Paulo’. Acho que seria mais ou menos isso”, declarou.

Pedro Campos destacou uma das últimas mensagens que recebeu de Zé Paulo, já internado no hospital pelo Whatsapp: “Não brinque com esse Coronavírus. O bicho é feio”.

Seguiram-se vídeos e depoimentos de colegas e ex-colegas, entre eles Salomão Esper, com quem estreou o Jornal Gente, em 1978. O Jornal Gente ainda reproduziu um trecho do Jornal da CBN, comandado por Milton Jung, noticiando a morte de Zé Paulo. Pouca gente sabe, mas ele foi cotado para integrar a equipe que colocou no ar a emissora que toca notícia. Outra reprodução foi a do momento em que a notícia foi dada por Rodrigo Bocardi no Bom Dia São Paulo, da Rede Globo.

No final do programa, a equipe que estava no estúdio (Thays, Pedro, a repórter Maju Arruda Leite, e o operador Ricardo Garcia) não conseguiu conter a emoção com a veiculação de um áudio da neta de Zé Paulo, de apenas dois anos de idade.

José Paulo de Andrade morreu na madrugada desta sexta (17) aos 78 anos. Ele estava internado no Hospital Albert Enstein desde o dia 7 de julho e foi diagnosticado com o Covid-19, mais popularmente conhecido como Coronavírus.

Veja abaixo a edição especial do Jornal Gente.

Comoção Jornal Gente

 

José Paulo de Andrade começou sua trajetória na Bandeirantes como repórter e narrador de futebol

Por Rodney Brocanelli

José Paulo de Andrade teve parte de sua carreira no rádio ligada ao futebol. Em 1960, ele começou a trabalhar na Rádio América, então pertencente ao Grupo Bandeirantes, como rádio escuta. Três anos depois, ingressou na Rádio Bandeirantes, contratado por Pedro Luiz para a equipe de esportes. A convivência foi curta. Pouco tempo depois, Pedro iria se transferir para a Rádio Tupi, de São Paulo.

Zé Paulo permaneceu no Escrete do Rádio, com Fiori Gigliotti na linha de frente, e se desenvolveu como como repórter esportivo e narrador, atividades que desempenhou por 14 anos. Em 1977, pouco depois de ver seu primeiro filho nascer, decidiu ficar apenas no jornalismo geral por entender que não haveria mais espaço para ele. “Eu não era nem o terceiro locutor esportivo da Bandeirantes. Aí fiz uma reflexão e pensei consigo mesmo ‘eu não iria ser revelação aos 40’ e eu não queria mais continuar no esporte”.

Na década de 1990, de certa forma, José Paulo de Andrade voltou ao mundo esportivo quando conciliou suas atividades na Bandeirantes com a de assessor de imprensa do São Paulo Futebol Clube.

José Paulo de Andrade morreu na madrugada desta sexta (17) aos 78 anos. Ele estava internado no Hospital Albert Einstein desde o dia 7 de julho e foi diagnosticado com o Covid-19, mais popularmente conhecido como Coronavírus.

Vamos resgatar dois de seus registros no esporte da Rádio Bandeirantes. Abaixo, ele fala sobre o gol polêmico de Leivinha, do Palmeiras, na final do campeonato paulista de 1971. O lance foi anulado pelo árbitro Armando Marques após enxergar um toque de mão do atacante palmeirense. Não foi apenas Marques que viu isso.

Ouça a narração de José Paulo de Andrade para a partida Guarani 3 x 1 Santos, válida pelo Torneio Governador do Estado de 1976. O repórter é João Zanforlin.  Por volta de 1min53s é possível ouvir uma entrada do Sargento Ranulfo, atento aos acontecimentos das estradas.

Zé Paulo de Andrade

Em sua última mensagem no Twitter, José Paulo de Andrade registrou morte da ex-miss Martha Rocha

Por Rodney Brocanelli

José Paulo de Andrade era bastante ativo no Twitter. Desde maio de 2009, ele alimentava um perfil nesta rede social com comentários, quase que como uma extensão de seu trabalho no rádio. Zé Paulo publicava opiniões sobre o temas do momento na política, na economia e no futebol. Havia espaço também para algumas implicâncias. Era divertido vê-lo chamar a Folha de S. Paulo de “jornalão sem rumo” quando não concordava com alguma reportagem ou enfoque da publicação.

A sua última postagem, entretanto, fugiu um pouco de suas características. No dia 5 de julho, um domingo, às 17h46,  Zé Paulo fez um breve registro da morte da ex-miss Brasil, Martha Rocha, que ocorrera no dia anterior (04).

O Twitter registra 8454 mensagens postadas por ele em mais de dez. Algo chamava a atenção: raramente ele respondia aos seus seguidores. Talvez tenha sido esse o segredo para mantê-lo fiel a esta rede social.

Para acessar o perfil de José Paulo de Andrade, basta clicar no link abaixo. Não se sabe se ele permanecerá ativo pela família para futuras consultas.

José Paulo de Andrade morreu na madrugada desta sexta (17) aos 78 anos. Ele estava internado no Hospital Albert Einstein desde o dia 7 de julho e foi diagnosticado com o Covid-19, mais popularmente conhecido como Coronavírus.

https://twitter.com/andradejpaulo

 

José Paulo de Andrade Martha Rocha