Canais de ondas curtas não são mais citados na vinheta da Rádio Bandeirantes

Por Rodney Brocanelli

O Edu Cesar, do Papo de Bola, pode não estar atualizando seu site, mas ele segue ligado em tudo o que acontece no rádio e na televisão. É dele essa dica: as emissoras em ondas curtas da Rádio Bandeirantes, desativadas há um bom tempo, não são mais citadas na vinheta de identificação da emissora. Segundo Edu,a citação aos canais AM 840 Khz e FM 90,9 Mhz e ao site da emissora seguem mantidas, no entanto a citação dos prefixos das curtas foi trocada por uma menção ao aplicativo Band Rádios.

Em dezembro de 2015, informou que os o canais de 25, 31 e 49 metros estavam fora do ar. Veja no post abaixo.

https://radioamantes.wordpress.com/2015/12/29/ondas-curtas-da-radio-bandeirantes-fora-do-ar/

Na ocasião, a assessoria de imprensa do grupo foi procurada, mas não se pronunciou sobre o assunto.

Outras emissoras de rádio estão tirando do ar seus canais de ondas curtas. No fim do ano passado, a Rádio Anhanguera, de Goiânia, resolveu encerrar sua transmissões.

Ouça abaixo a vinheta da Rádio Bandeirantes.

Logo_RB_Cor

Ouça mais uma edição do Radioamantes no Ar

21/07/2017 1 comentário

Nesta semana, o Radioamantes no Ar falou sobre Paulo Sant’Ana, cronista de Zero Hora e integrante do Sala de Redação, da Rádio Gaúcha, que morreu na última quarta feira. Outros assuntos: o interesse de Ratinho em colocar a Massa FM no dial da Grande São Paulo, e a volta de Angelo Ananias ao rádio, desta vez na Piratininga AM, em São José dos Campos. O Radioamantes no Ar é veiculado todas as sextas, sempre a partir das 09h pela web rádio Showtime (http://showtimeradio.com.br). Com Rodney Brocanelli, João Alckmin e Flavio Aschar.

showtime2

Veículos do Grupo RBS realizam ampla cobertura sobre o adeus a Paulo Sant’Ana

Para honrar a trajetória de mais de 40 anos no Grupo RBS e prestar homenagens ao jornalista Paulo Sant’Ana, que morreu na quarta-feira (19), em Porto Alegre, todos os veículos da RBS produziram conteúdos especiais lembrando momentos marcantes e destacando o legado deixado pelo cronista.

Nesta sexta-feira (21), Zero Hora entrega aos leitores uma edição histórica, que busca proporcionar a lembrança de um hábito que Paulo Sant’Ana ajudou a criar nos gaúchos desde que começou a escrever sua coluna em ZH, na penúltima página do jornal, em 1989: a edição foi toda produzida de trás para frente. Um vídeo no site de Zero Hora mostra aos leitores a razão de iniciativa – fazer com que os leitores cheguem mais rapidamente à coluna de Sant’Ana. Na experiência, a leitura segue com a página das cruzadas, do horóscopo, da previsão do tempo, Almanaque Gaúcho (especial sobre Sant’Ana), cobertura esportiva, até que o leitor chega ao Informe Especial e, por fim, à capa, que leva a manchete do jornal.

Em 16 páginas, o jornal traz toda a cobertura da despedida do jornalista, com as personalidades que passaram pelo velório, o enterro e as repercussões entre familiares, amigos, leitores e profissionais de comunicação.

Na Superedição deste sábado (22), ZH publicará um caderno especial com 24 páginas que trarão reportagens sobre Sant’Ana e suas letras, seus livros, além de uma coletânea de crônicas escritas pelo jornalista – a última delas, intitulada Morri ou Não Morri. O conteúdo também estará disponível em e-paper digital, com 15 crônicas adicionais, e histórias de pessoas que tiveram a vida modificada após serem citadas por Sant’Ana em suas colunas.

Desde a confirmação da morte de Sant’Ana, por volta das 23h30 de quarta-feira (19), iniciou-se a mobilização dos veículos da RBS para resgatar detalhes da carreira do jornalista que marcou a história da comunicação no Rio Grande do Sul. A Gaúcha fez o registro da perda de Sant’Ana e deu início a uma jornada que se estendeu ao longo de toda a quinta-feira.

Com um Redação RS Especial, a RBS TV começou a cobertura da despedida de Paulo Sant’Ana no início da madrugada. A emissora dedicou grande parte da programação de seus telejornais aos detalhes da trajetória do jornalista, entradas ao vivo direto do velório na Arena do Grêmio, participação de telespectadores de 11 cidades da emissora, além de personalidades comentando a importância do comunicador na imprensa gaúcha.

No Globo Esporte, Duda Garbi, o intérprete de Santaninha – personagem que imita a fala e os trejeitos de Paulo Sant’Ana – fez um comentário sobre a vitória do Grêmio sobre o Vitória, na Bahia, horas antes da morte do comunicador. Além de homenagens, participações do presidente e técnico do Grêmio, e outros conteúdos especiais.

As edições impressas de quinta-feira (20) de Zero Hora e do Diário Gaúcho contemplaram os principais momentos da vida de Sant’Ana. No site de ZH, os leitores encontraram vídeos com imagens marcantes da carreira, depoimentos de amigos e parceiros de trabalho e imagens dos fãs relatando experiências com o cronista.

CapaZH21072017

Categorias:Notícias Tags:

Morre Paulo Sant’Ana

Por Rodney Brocanelli

Morreu na noite desta quarta-feira, aos 78 anos  Paulo Sant’Ana, um dos jornalistas e radialistas mais populares da cidade de Porto Alegre. A causa da morte foi uma parada cardiorrespiratória. Ele estava afastado de suas atividades no Grupo RBS havia pouco mais de dois anos devido a uma doença chamada demência vascular. Desde o diagnóstico, ele esteve sob cuidados médicos em sua residência.

Paulo Sant’Ana foi um dos pilares do sucesso do programa Sala de Redação, da Rádio Gaúcha. A atração criada por Cândido Norberto em 1971 tinha como base entrevistas com redatores e editores do jornal Zero Hora que falavam sobre o noticiário geral do dia. Sant’Ana já era conhecido por ser torcedor do Grêmio e por vezes era convidado a falar do seu time no programa. Suas intervenções causaram grande repercussão. A RBS resolveu dar a ele um contrato para ser debatedor fixo da atração. De quebra, ganhou uma coluna no Zero Hora. Para o Sala de Redação não pender tanto para o lado do Grêmio, a direção resolveu também instituir um comentarista que falasse de seu principal rival, o Internacional. A partir de então, o Sala passou a ser um programa eminentemente sobre futebol.

Em Zero Hora, Sant’Ana escrevia apenas sobre futebol ou sobre o Grêmio. Com o tempo, passou a ser um cronista do cotidiano, ou generalista, como os gaúchos definiam. Nos últimos tempos, tinha um blog pendurado no site do jornal.

O velório de Paulo Sant’Ana será realizado na Arena do Grêmio, logo mais, a partir das 8h30. Depois, enterro às 17h no Cemitério João XXIII, o mesmo onde está sepultado o Everaldo, campeão mundial pela Seleção em 70 e que simboliza a estrela no distintivo do Grêmio.

Paulo Santana

Ouça os gols do final de semana

Por Rodney Brocanelli

O Palmeiras não teve um jogo fácil no Allianz Parque. Mesmo assim, conseguiu vencer o Vitória pelo placar de 4 a 2. Ouça a narração de Sidney Botelho, da Premium Esportes.

O Grêmio saiu atrás no placar, mas conseguiu a virada e desponta assim como rival do Corinthians. Placar final: 3 a 1. Ouça a narração de Pedro Ernesto Denardin, da Rádio Gaúcha.

Ouça também a narração de Tiago José, da Rádio Estação Web.

Em Goiânia, o Atlético-MG venceu o Atlético-GO de virada: 2 a 1. Ouça a narração de Edmilson Almeida, da Rádio 730 AM.

O São Paulo se enreda cada vez mais na zona do rebaixamento, agora com a derrota para a Chapecoense pelo placar de 2 a 0. Ouça a narração de Ricardo Melo, da 105 FM.

No Mineirão, empate na partida entre Cruzeiro e Flamengo. Ouça a narração de Alberto Rodrigues, da Rádio Itatiaia.

Portuguesa e Juventus fizeram mais um clássico dos imigrantes, desta vez pela Copa Paulista. O palco foi o Canindé. Vitória do time da casa pelo placar de 3 a 0. Ouça a narração de Paulo Sodate, da Rádio Tropical/Equipe Líder.

Em casa, Corinthians e Atlético-PR empataram pelo placar de 2 a 2. Ouça a narração de Claudio de Barros, da parceria Premium Esportes e Rádio Trianon.

Ouça também a narração de Ulisses Costa, da Rádio Bandeirantes.

O Internacional segue colecionando tropeços na série B. Desta vez, foi a vez do CRB triunfar sobre o Colorado. Ouça a narração de Luis Soares, da web rádio De Olho Nos Esportes.

Em casa, o Criciúma venceu o Goiás pelo placar de 1 a 0. Ouça a narração de Joel Bernardo, da Rádio Difusora.

E o Ceará venceu o Juventude com dois gols relâmpagos. Ouça a narração de Gomes Farias, da Rádio Verdes Mares.

O Brasil de Pelotas recebeu o Figueirense e se deu mal. Perdeu pelo placar de 2 a 0. Ouça a narração de Clodoaldo Pereira, da Rádio Guarujá.

Pela série D, um grande resultado do São José, de Porto Alegre, que venceu o Brusque pelo placar de 1 a 0 e conseguiu sua classificação para as oitavas de final com o resultado agregado. Ouça a narração de Carlos Jornada, da Rádio Estação Web.

Inspirada nos anos 70, Jovem Pan premia o melhor em campo, desta vez com um celular

A Jovem Pan, em parceria com a Motorola, acaba de lançar a campanha #DestaqueMotorola, que até o final de abril de 2018 premiará os destaques, dentro e fora de campo, durante algumas partidas de futebol, com um smartphone Moto E4 Plus.

O aparelho de design moderno apresenta tela em HD de 5,5 polegadas e duas câmeras: uma de 13 MP e outra frontal com flash e modo beauty, garantindo os melhores registros. A bateria de 5.000 mAh oferece uma durabilidade para mais de um dia de uso.

A iniciativa partiu do jornalista esportivo da rádio Jovem Pan, Beetto Saad, que, em parceria com a área comercial da emissora, se inspirou em uma ação dos anos 70: Motoradio, onde os jogadores que mais se destacavam durante o jogo eram premiados com um rádio portátil.

“Essa campanha foi um enorme sucesso antigamente e resgatar esse conteúdo e, trazê-lo para hoje, vai aguçar e movimentar os torcedores daquela época e, pelas suas características, vai ganhar muita aderência do mundo do futebol e da nova geração consumidora. #DestaqueMotorola é a maior e mais abrangente premiação da história do rádio a todos aqueles que fazem parte do espetáculo…Goleiros, treinadores e torcedores serão lembrados. Ninguém fica fora dessa”, explica Beetto Saad.

Para ampliar a divulgação da nova campanha, a Jovem Pan também aposta em ações de merchandising em sua programação. Serão feitas duas inserções semanais e o humorista Carioca (Márvio Lúcio), fará demonstrações do aparelho durante a transmissão do programa Pânico no Rádio – transmitido de segunda a sexta-feira, das 12h às 14h, via AM, FM e streaming.

A equipe de esportes da Jovem Pan será a responsável por decidir quem será premiado, mas futuramente os ouvintes poderão participar diretamente da escolha do Destaque Motorola, enviando seus palpites através dos canais de comunicação da rádio. O aparelho será entregue na semana posterior ao jogo.

LOGO JP_vermelhoNOVO

 

Ouça o Radioamantes no Ar

14/07/2017 1 comentário

Nesta semana, o Radioamantes no Ar falou das perdas de Eduardo Luiz, o Ligeirinho, repórter esportivo, e de Ramiro Gregório, um dos grandes nomes do rádio de Santa Catarina. O programa falou também das audiências do FM no Rio e em Santa Catarina, além de detalhar mais a audiência do AM na Grande São Paulo. O Radioamantes no Ar é veiculado todas as sextas, sempre a partir das 09h pela web rádio Showtime (http://showtimeradio.com.br). Com Rodney Brocanelli, João Alckmin e Flavio Aschar.

showtime2

%d blogueiros gostam disto: