Início > Notícias > APCA divulga melhores de 2011

APCA divulga melhores de 2011

Por Rodney Brocanelli

E saiu a lista dos vencedores do Prêmio APCA de 2011. Maiores detalhes no post da jornalista Edianez Parente no Facebook (clique aqui).

Os premiados da categoria rádio são esses:

Grande Prêmio da Crítica: Rádio CBN – 20 anos no ar
Prêmio Especial do Juri: Dois diretores em cena – Rádio Jovem Pan AM
Musical: O Sul em Cima – USP FM
Internet: Web Rádio Faap – emissora educativa da Fundação Armando Álvares Penteado
Humor: O Palhacinho – Energia 97 FM
Esportivo: Papo de Craque – Transamérica FM
Variedades: Gira Brasil – Rádio Estadão-ESPN
Votaram: Cesário Oliveira, Marco Antonio Ribeiro e Sílvio Di Nardo

Tirando os prêmios a Dois Diretores em Cena, aos 20 anos da CBN e para a rádio web da Faap, não dá para concordar com o restante da lista. A Estadão/ESPN tem vários programas esportivos bem superiores ao Papo de Craque, da Transamérica.  Um deles é o Segredos do Esporte, apresentado pelo Paulo Calçade, só para ficar nesse exemplo. Melhor sorte no ano que vem.

Anúncios
  1. Daniela Luz
    13/12/2011 às 13:29

    Gosto do Papo de Craque..admiro a Equipe mas realmente ja tiveram dias melhores e concordo com o Palhacinho..desbanca muita gente com o Domenico e o Silvio.. Além da EstadãoEspn que chegou…e acabou com a monotonia…. Equipe 100% em educação… Respeito e atenção..

    Curtir

  2. 13/12/2011 às 23:13

    Primeiramente, gostaria de agradecer aos editores deste blog por terem divulgado para seu público o resultado de nossa votação. Fico contente que o autor do post tenha gostado da maioria dos 7 prêmios que concedemos.

    Pena não terem gostado de todos. Mas tudo bem, afinal, vivemos numa democracia e cada um pensa de forma diferente. É supernormal, ainda mais no meio Rádio em que há tantas opções boas no ar, inclusive na Estadão/ESPN. Gostaríamos de dar um prêmio para cada uma delas, mas não dá, infelizmente.

    Votamos com a certeza de que escolhemos o que há de melhor no momento. Já estamos mais do que acostumados às críticas. Que elas sempre venham e que possam ser usadas para reflexão, tanto por nós, críticos, quantos pelos próprios profissionais de rádio, se as acharem pertinentes. Afinal, eles é que fazem o Rádio, eles é que são os artistas e são eles é que devem receber os elogios e eventuais apupos da audiência.

    Respeito as discordâncias aqui expressas, mas não concordo quando dizem que cerca de 32 mil ouvintes da Transmérica estejam, ouvindo um programa esportivo inferior àqueles escutados pelos 3,5 mil pessoas que acompanham em média a Estadão / ESPN, segundo pesquisa publicada no site Bastidores do Rádio.

    Quero lembrar que audiência não é critério de avaliação do nosso juri. Mas pelo que está escrito no post acima, jamais poderemos um dia, se assim nossa bancada decidir, darmos um prêmio para a 105 FM, por exemplo, que, segundo o blog do jornalista Anderson Cheni, é a rádio mais ouvida durante as transmissões de jogos e programas esportivos, com cerca de 100 mil ouvintes. Seria uma espécie de critério bizarro, em que quanto menos uma rádio tivesse audiência, melhor seria a sua programação. Isso não é verdade.

    Cada um tem seu público e formato de programação, em se tratando especificamente de futebol. Umas mais populares, outras, mais talvez mais “elitizadas”. Umas mais “festivas”, outras mais “jornalísticas”. E assim por diante. Os 32 mil da Transamérica são tão importantes quanto os 3500 da Estadão / ESPN ou os 100 mil da 105 FM. Se considerarmos que são ouvintes únicos, eles somam mais de 135 mil pessoas ouvindo Rádio. Cada um na sua estação favorita.

    Também é bom frisar que avaliamos os melhores no ano em que passou. Nada impede que a Estadão/ESPN – ou outra emissoras – ganhe um ou mais prêmios nos próximos anos, como já outrora acontecera quando se chamava Rádio Eldorado. Em tese, todos os programas de rádio, tv, peças de teatro, filmes e outros objetos de nosso julgamento podem ganhar o prêmio, salvo aqueles impedidos pelo nosso regulamento, claro.

    Enfim, considero que cumprimos a nossa missão com orgulho, precisão, honestidade, dignidade e independência. Nossa maior alegria é o reconhecimento do público pela escolha, o apoio da grande e “pequena” mídia e, principalmente, a alegria de quem recebe o prêmio por ter tido seu esforço e talento reconhecido por uma das entidades mais renomadas mantidas por valorosos profissionais da Imprensa Brasileira, da qual eu tenho a honra e o privilégio de participar há 10 anos.

    Mais uma vez,muito obrigado pelo espaço. E boa sorte para vocês também em 2012.

    Curtir

  1. 16/12/2011 às 15:16
  2. 30/12/2011 às 01:48

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: