Início > Notícias > A falta que faz um standby

A falta que faz um standby

Por Rodney Brocanelli

A Rádio Bandeirantes, de Campinas, enviou equipe completa à cidade de Joinville para a transmissão de Joinville x Ponte Preta, partida válida pelo campeonato brasileiro da série B. Carlos Batista e equipe estavam no estádio para a descrever os lances do confronto. Atitude louvável, em um momento em que as emissoras priorizam as transmissões dos estúdios e não dos estádios nos jogos fora da praça. No entanto, alguns cuidados devem ser tomados. Em determinado momento, o sinal que vinha de Joinville caiu e, pelo jeito não havia linha auxiliar. Para complicar ainda mais a situação, não havia narrador standby no estúdio. O plantão que estava no estúdio até tentou improvisar, mas a saída foi usar por algum tempo o sinal da Bandeirantes, de São Paulo. No fim das contas, o áudio de Batista voltou e a transmissão seguiu até o final, sem sobressaltos.

Logo_RB_Cor

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: