Início > Análise > Entrevista de Mario Celso Petraglia evoca a velha fábula “A Raposa e as Uvas”

Entrevista de Mario Celso Petraglia evoca a velha fábula “A Raposa e as Uvas”

Por Rodney Brocanelli

Mario Celso Petraglia, presidente do Atlético-PR, concedeu uma longa entrevista ao diário Lance!, publicada na edição desta sexta-feira. A pauta principal é a criação da liga de clubes do futebol brasileiro, para, em resumo, fazer a gestão do futebol brasileiro. Os que desejarem saber mais de seu pensamento sobre o tema, podem clicar no link abaixo.

http://www.lancenet.com.br/minuto/Atletico-PR-Brasileirao-Mario_Celso_Petraglia-Selecao_Brasileira_0_1386461498.html

Lá pelo final da entrevista, Petraglia foi inquirido os limites que ele impôs ao trabalho da imprensa. Veja a reprodução abaixo.

Você impôs limites ao trabalho da imprensa, por quê?

O veto é para as rádios. Se pagarem eles podem tudo, de graça nada. Tem que adquirir os direitos. Mas rádio é um meio que acabou, as rádios esportivas estão na reta final. Ninguém mais ouve futebol em rádio, hoje é tudo TV. Se eu pudesse também cobraria dos jornais impressos, pois vendem com as nossas matérias.

Sobre a questão da imprensa escrita, uma pena que o entrevistador não tenha feito uma réplica. Se fez, a se lamentar também que a mesma não tenha entrado na edição final. Estranho notar também que o jornal não tenha feito algum tipo de manifestação em editorial. Cabe lembrar que na edição impressa, a entrevista rendeu duas páginas, espaço para lá de generoso que Petraglia teve para expor suas ideias sobre o futebol brasileiro.

E com relação ao rádio, o dirigente lembra a antiga fábula daquela raposa que desejava alcançar o cacho de uvas, mas não conseguiu. Quem aí não se lembra de suas iniciativas em cobrar direitos de transmissão das emissoras de rádio a preços fora da realidade de mercado? Ele não se dá conta de que não é possível ao torcedor assistir a todos os jogos que são exibidos pela televisão. Um exemplo: Corinthians x Ponte, na última quinta-feira, começou as 19h30, horário em que muitos estão no trânsito. Como ainda não foi inventada a tv por assinatura portátil, só mesmo o rádio para atender a essa demanda. Na sua má vontade com o veículo, Petraglia não enxerga esses e outros aspectos.

petraglia

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: