Início > Análise > Rede de redundância

Rede de redundância

Por Rodney Brocanelli

Nesta quarta-feira, quem pode sintonizar as rádios Bandeirantes, Bradesco Esportes e Band News teve a oportunidade de ouvir o mesmo conteúdo: a transmissão unificada de Corinthians x Shakhtar Donestsk  (Ucrânia), liderada pelo narrador Dirceu Marchiolli. A partida foi válida pela Flórida Cup.

Já informamos aqui neste espaço que tal coisa iria acontecer, com a volta da “Maior Rede de Rádios do Brasil”, expediente usado em competições como a Copa do Mundo e a Copa América.

No entanto, parece que esse novo projeto que unifica as rádios do Grupo Bandeirantes  não tem as devidas flexibilidade e sensibilidade. Na mesma quarta feira e no mesmo horário, o São Paulo também estava em campo no mesmo horário, disputando um amistoso no Paraguai, contra o local Cerro Porteño. Pelo menos, uma das três frequências poderia se dedicar à transmissão desta partida. Seria uma opção bacana para atender o torcedor tricolor que ainda se dedica a ouvir futebol pelo rádio.

A “Maior Rede de Rádios do Brasil” deve ter cuidado para não virar uma rede de redundância.

 

 

 

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: