Início > Análise > Jovem Pan deixa pós jogo de lado e mostra que ainda sabe prestar serviço

Jovem Pan deixa pós jogo de lado e mostra que ainda sabe prestar serviço

Por Rodney Brocanelli

Os tristes acontecimentos  nos arredores do Morumbi na noite da última quarta e início da madrugada de quinta provaram mais uma vez a força do rádio.

Para quem ainda não sabe, torcedores do São Paulo entraram em conflito depois da partida do seu time contra o Atlético Nacional. válida pela Copa Libertadores de América. A Polícia Militar teve de intervir e o caos foi inevitável.

A Rádio Jovem Pan deixou de lado toda a discussão tática e técnica sobre a partida e mobilizou seus repórteres para a a cobertura de todo o clima tenso dos arredores do estádio do Morumbi. Quem se destacou foi Daniel Lian, que com um celular, descrevia tudo o que via.

Depois, o telefone foi liberado para  os ouvintes. A prioridade foi total para aqueles que presenciaram o tumulto. Pelos relatos, foi possível descobrir a origem do conflito: ele começou devido ao descontentamento dos torcedores organizados com torcedores comuns que estavam deixando o estádio, depois que o placar adverso para o tricolor foi consumado. A equipe colombiana venceu pelo placar de 2 a 0.

Além disso, os ouvintes tiveram liberdade para falar. Exemplo: alguns elogiaram a postura da Polícia Militar. Outros não. De qualquer forma, foi possível ter um painel daquilo que acontecia na região do Morumbi.

Enquanto isso, outras emissoras preferiram prosseguir com o pós  jogo normal, com entrevistas coletivas, comentários sobre o jogo e, claro,  suas inserções comerciais.

As informações que a Jovem Pan transmitia eram amplamente multiplicadas pelas principais  redes sociais. Em que se pese a tensão dos acontecimentos, a cobertura, feita tanto no AM como no FM,  foi muito elogiada pelos internautas.

Nos últimos anos, a Pan fez uma opção pela opinião. É um caminho respeitável e justificável, em que se pese um certo desconforto com o tom utilizado em muitos casos.  No entanto, foi alentador saber que ela ainda sabe prestar serviço. Lembro até de um jingle da  emissora que dizia “prestação de serviço, é isso”. Tomara que ela volte a trilhar esse caminho, quando necessário.  E fica no ar a lição para as outras.

LOGO JP_vermelhoNOVO

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: