Início > Uncategorized > Bandeirantes lança “Resenha, Futebol e Humor” para substituir o “Na Geral”

Bandeirantes lança “Resenha, Futebol e Humor” para substituir o “Na Geral”

Por Rodney Brocanelli

A Rádio Bandeirantes resolveu não esperar pelo mês de novembro e já fez alterações na sua programação do final de tarde. O “Na Geral” teve a sua última edição na quarta-feira e hoje já entrou no ar o “Resenha, Futebol e Humor”. O programa será comandado por Émerson França (da Band FM/Hora do Ronco), Roman Laurito e Guilherme Palesi (estes da Bradesco Esportes FM). A atração será veiculada entre 19h e 20h nos 90,9Mhz, que por efeito de liminar não retransmite a Voz do Brasil.

Na estreia, chamou a atenção um quadro que de forma bem humorada recria como foi formada a equipe do programa. No começo, é citado o Balancê, que por muitos anos foi veiculado pela Rádio Excelsior  (hoje CBN).  Osmar Santos, Juarez Soares, Carlos Roberto Escova, Nelson Tatá Alexandre e Fausto Silva tiveram seus nomes lembrados, alguns  com direito a áudios. Alguém que seja mais antigo pode questionar, e com razão, o fato de não lembrarem do Show do Rádio, que mesmo sendo criado na Jovem Pan,  por alguns anos teve veiculação na própria Bandeirantes.  Além do mais, se a ideia era fazer uma linha evolutiva e fugir da sombra do “Na Geral”, a realização não foi bem sucedida por um detalhe: O Balancê era muito mais um programa de variedades do que uma atração que combinasse futebol com humor.

O “Na Geral” também foi citado nesta abertura, mas sobrou uma alfinetada para os antigos ocupantes do horário, especialmente na  hora em que foi citado o nome “O Mesmo”, divulgado durante alguns dias como o da atração substituta. Ouça mais abaixo.

resenha

Anúncios
  1. 28/10/2016 às 01:10

    Programa sem graça demais.

    Curtir

  2. 28/10/2016 às 09:04

    Na verdade o “pioneiro” é o Estádio 97 da Energia 97, do qual participavam o Zé Paulo e o Lélio que saíram um tempo depois para formar o Na Geral…

    Curtir

  3. Marcos Maximiano
    28/10/2016 às 09:20

    programa péssimo !!!! sem graça … sem estrutura… sem nada !! o esporte em debate já tinha ficado ruim com Elia Junior agora então com esse programa….. xiiiiiii ….. a audiência vai despencar …. #sounageral

    Curtir

  4. valdir da rocha pereira
    28/10/2016 às 10:01

    porque a bandeirantes tirou o melhor e mais divertido programa de esportes do brasil? sera que eles nao gostam de audiencia? a partir de terca estarei migrando para a 105fm.

    Curtir

  5. eduoliveira1983
    28/10/2016 às 10:09

    O pioneiro foi o Show do Rádio. O Estádio 97, criado pelo Lélio Teixeira, inclusive foi inspirado nesse programa.
    É muito cedo para criar expectativas sobre o Resenha. A linguagem é muito mais FM (como o antigo Galera Gol e o #daBola, do que essa linguagem AM que o Na Geral tinha). Eu fiquei um pouco constrangido com os “depoimentos” dos artistas, pois claramente alguns estavam lendo, foi algo forçado e desnecessário.
    Faltou um pouco de sensibilidade ao imitador, que colocou no ar um trambiqueiro que lembra em muito o Vila, criado pelo Beto Hora. O imitador é bem talentoso e tem um bom tempo de humor, mas precisa seguir uma outra linha para não se queimar.
    Nada se cria, tudo se copia, e o Resenha só segue uma linha que já existe a muito tempo no rádio e isso não é nenhum pecado, assim como não é nenhum pecado 3 “novos” comunicadores assumirem o lugar do querido Na Geral, pois seria burrice eles dizerem não para o grupo Bandeirantes, mesmo sendo extremamente anti-ético ao simplesmente acabar com o Na Geral de forma abrupta. Mas isso não me surpreende, pois já tiveram outros casos bizarros, como o do Mauro Betting e outros profissionais. A decadência desse grupo é visível de muito longe e depende hoje de alguns profissionais para segurar o Ibope…
    Enfim, eu sou muito mais o Na Geral, que inclusive me ajudou na cura de uma depressão, mas não vou ficar torcendo contra o Resenha, pois ainda há muito em amadurecer.
    O rádio é enorme e tem espaço pra todos.

    Curtir

  6. Marcelo Thomaz
    28/10/2016 às 14:04

    O lamentavel é não deixarem profissionais com tanto tempo de casa,se despedirem dos ouvintes que ficam sem saber o que aconteceu.. ontem estava no ar – e de repente.. sumiu.!! , Considero um ato desengalente com os profissionais e total insensilbilidade com as pessoas que acompanham a emissora a qual escuto diariamente.Isso já havia acontecido com o Claudio Zaidan ( Caminho do Sol ) e com Mauro Betting.Nota ZERO para a postura da direçao.

    Curtir

  7. Ciro Santos
    28/10/2016 às 15:41

    Realmente, o primeiro programa desse modo, com imitações, foi o Estádio 97, depois surgiu o Na Geral, o Galera Gol e outros.

    Eu acho que deveriam ter deixado ao menos eles se despedirem dos ouvintes, se eles ficaram 13 anos na casa não foi por acaso. Se eu não acompanhasse o Rádio Amantes e o blog do Cheni ficaria totalmente perdido para entender essa situação.

    E isso, de fato, constata a falta de planejamento de longo prazo do grupo, depois que a boa Rede 21 foi esvaziada e cedida a terceiros, o Grupo Bandeirantes está em uma crise sem fim. O caso do Mauro Betting foi emblemático, o Quesada, Praetzel, agora o Na Geral, e dizem que o próximo será o José Silvério.

    Curtir

  8. 28/10/2016 às 17:43

    Acho isso uma falta de respeito e gratidão com os profissionais do Na Geral, já que eles prestaram serviços para o Grupo Bandeirantes durante 13 anos e nem tiveram a chance de se despedir dos ouvintes. É lamentável mais infelizmente normal para o Grupo Bandeirantes, que já fez isso com outros profissionais. Desse jeito, daqui a pouco a RB irá perder audiência com essas atitudes absurdas e que deixa os ouvintes entristecidos com essas decisões.

    Curtir

  9. 28/10/2016 às 18:06

    programa horrivel

    Curtir

  10. 03/11/2016 às 01:16

    Péssimo programa, personagens fracos, parece tudo um roteiro, não tem espontaneidade, mais uma grande bola fora do grupo bandeirantes.

    Curtir

  11. 09/11/2016 às 16:30

    esses cara nâo deveriam chmar o na geral de (o mesmo) pois deveriam ter mais respeito com a historia de lelio teixeira jose paulo da gloria e beto hora esses caras vao ter que comer muita feijoada para chegar ao nivel de serem engraçados, pois sao uns imbecis,e acima de tudo inexperientes no radio brasileiro.

    Curtir

  12. Marcelo Tadeu Grandini
    20/11/2016 às 20:48

    Não consegui ouvir cinco minutos desse péssimo programa.
    simplesmente ridiculo.
    sem comentários,até horário politico e melhor.
    nada se compara ao na geral
    nota zero p bandeirantes

    Curtir

  13. Olavo Alvim
    28/11/2016 às 12:15

    É um programa fraco,idiota, sem graça e os comentarista fazem uma péssima imitação de tudo, com os quadros bem parecidos e sem criatividade nenhuma. Tentam imitar alguns personagens, mas são horríveis em tudo.A audiência esta caindo e muito, mas a Band agora só favorece aqueles que fazem muito $$$$$$ com propagandas e um m onde de comentários bem fracos sobre mortos, sua terra natal, suas viagens,…..é uma grande pena, mas vamos para a 105fm.

    Curtir

  14. Rogerio
    12/12/2016 às 20:46

    não vejo a hora desse programa sair do AR … péssimo!!! os caras ainda colocaram um cara péssimo la da Turquia … para que em……?

    Curtir

  15. 12/03/2017 às 14:26

    Meu pai participou deste programa e ganhou uma camisa do SPFC. Já enviamos duas vezes um motoboy para retirar a camisa com uma pessoa chamada Lucas, que ligou informando que a camisa já estava na expedição e o mesmo informa que não sabe de nada. Será golpe?

    Curtir

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: