Início > Análise > Crise da Super Rádio Tupi não tem espaço na grande imprensa

Crise da Super Rádio Tupi não tem espaço na grande imprensa

Por Rodney Brocanelli

Algo que tem chamado a atenção em torno do recente noticiário sobre a Super Rádio Tupi, do Rio de Janeiro, é que nenhum grande jornal de circulação nacional ou portal de internet tem dado espaço ao movimento grevista ou mesmo ao provável futuro comprador da emissora.

Nem mesmo o surgimento do nome de Paulo Masci de Abreu, apontado por muitos como o novo dono da Tupi, sensibilizou os grandes veículos. E notem que volta e meia o nome de Abreu aparece no noticiário, seja as voltas com problemas jurídicos envolvendo suas emissoras na grande São Paulo ou como um braço amigo a dar um emprego a uma das personalidades políticas mais controversas dos últimos anos.

Como diria (ou escreveria) Joelmir Beting, é algo para pensar na cama.

super-radio-tupi

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: