Memória: relembre Hugo Botelho narrando na Bandeirantes em 2005

Por Rodney Brocanelli

Em 2005, a Rádio Bandeirantes vivia um momento de transição da sua equipe esportiva, com as saída de diversos profissionais que foram para outras emissoras. O narrador Dirceu Maravilha foi um deles. Ele se transferiu para a Rádio Record, que tinha um departamento de esportes ativo. Nesse período, a Bandeirantes usou bastantes os profissionais que já estavam na casa, José Silvério e José Maia, enquanto que Odinei Edson, a voz da Fórmula 1, narrou alguns jogos de futebol.

Nesse meio tempo, a Bandeirantes convidou Hugo Botelho para transmitir uma partida do campeonato brasileiro daquele ano.  E a partida não poderia ser melhor para um narrador: um empate por 3 a 3 entre o Atlético-PR (vamos respeitar a grafia da época) e o Santos, então líder do campeonato brasileiro daquele ano. O então meia santista Ricardinho (hoje comentarista no Sportv) foi destaque da partida, marcando os três gols de sua equipe. O alvinegro esteve na frente do placar em duas ocasiões, mas acabou por ceder a igualdade no placar (saiba mais sobre esse jogo, clicando aqui)

Outro destaque daquele confronto foi o atacante Schumacher, do Atlético-PR, autor de um dos gols da sua equipe. A transmissão da Bandeirantes explorou bastante o fato dele ser homônimo de Michael Schumacher, piloto profissional de Fórmula 1, que vivia o auge da sua carreira, pilotando um carro da Ferrari.

Estevan Ciccone foi o repórter daquela transmissão. Ao contrário do que acontece hoje em dia no rádio esportivo, ele esteve na Arena da Baixada. Não foi possível recuperar o comentarista que foi escalado naquela transmissão (quem souber, pode deixar mensagem no sistema de comentários).

Pouco tempo depois, a Bandeirantes contrataria o narrador Ulisses Costa, que até então estava na Rádio Globo

Hugo Botelho, por sua vez, acabou acertando com a 105 FM, emissora na qual ocupou ocupando de narrador titular. Ele, no entanto, voltaria a narrar jogos na emissora por ocasião da Copa do Mundo de 2006, na Alemanha, “emprestado” pela 105 FM.

Em 2012, Botelho iria tomar parte de um importante projeto do Grupo Bandeirantes que foi a Rádio Bradesco Esportes FM. Ficou na emissora até agosto de 2013. Depois, narrou jogos pela Rádio Estadão/ESPN. Com o fim do projeto de rádio  da ESPN, ficou apenas no canal de tv por assinatura, onde está até hoje. Nesse meio tempo, integrou equipes das rádios Capital e Bandeirantes, de Campinas.

Atenção: no registro abaixo, temos apenas os cinco primeiros gols da partida.  Não temos o gol de empate do Atlético-PR.

Hugo Botelho na Bandeirantes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.