Morre Dudu Braga

Por Rodney Brocanelli

Morreu nesta quarta (08) o músico, jornalsita e radialista Dudu Braga. Ele estava internado no Hospital Albert Enstein, de São Paulo, lutando contra um câncer no peritônio, uma membrana que envolve a parede abdominal. Conforme nota divulgada pelo hospital, ele passou por uma série de internações recentes para tratamento quimioterápico e cirurgia. Roberto Carlos Braga II, conhecido também como Segundinho, tinha 52 anos.

Filho do cantor Roberto Carlos, Dudu Braga tinha um programa de rádio dedicado a tocar as músicas do pai. “As Canções Que Você Fez Para Mim” estava no ar desde o ano de 1999 na Nativa FM, transformando-se em carro chefe da emissora. A atração também era veiculada por uma rede de rádios independente formada por aproximadamente 40 emissoras.

A fórmula para o sucesso e longevidade do programa era a combinação dos clássicos de Roberto Carlos e as histórias de bastidores contadas por Dudu, uma fonte mais que privilegiada.

Dudu ficou conhecido do grande público ainda criança quando a imprensa noticiou sua luta contra um glaucoma. Ele passou por sete cirurgias e perdeu a visão aos 23 anos, após um descolamento de retina.

O Grupo Bandeirantes divulgou nota de pesar. Leia abaixo (ou clique aqui):

É com imenso pesar que o Grupo Bandeirantes comunica o falecimento de Roberto Carlos Braga II, conhecido como Dudu Braga, aos 52 anos. Ele lutava contra um câncer no peritônio – membrana que envolve a parede abdominal.

Formado em Publicidade, Dudu era produtor musical, radialista, jornalista, palestrante e apresentava o programa “As canções que você fez pra mim” todas as manhãs na Rádio Nativa. Ele deixa mulher e três filhos.

Nossa homenagem a Dudu Braga e nossos sinceros sentimentos à família, amigos e colegas de trabalho por essa grande perda.

Durante a edição do Bandeirantes Acontece desta quarta (08), Ronald Gimenez e Claudio Zaidan lembram do companheiro de Grupo Bandeirantes. Zaidan contou de uma ocasião em que Dudu assisitiu a um jogo do seu Corinthians, ainda na série B, do campeonato brasileiro de 2008, na cabine da Rádio Bandeirantes. A partida definiu a volta do clube à divisão de elite da competição. A torcida passou a cantar O Portão. O refrão tinha tudo a ver com ocasião: “eu voltei”. Ouça abaixo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.