A origem (origem?) do Dia do Cronista Esportivo

Por Rodney Brocanelli

Dia 8 de dezembro é comemorado o Dia do Cronista Esportivo. Durante o programa Esperando o Futebol, da Rádio Guaíba, o apresentador Cristiano Silva recorreu a um texto de José Roberto Torero, publicado em 8 de dezembro de 1998 (clique aqui pra ler), contando a história (provavelmente fictícia) de Aulus Lépidus jornalista do Acta Diurna, considerado o primeiro jornal da história, colado nas paredes da Roma antiga. Lépidus, segundo o texto de Torero, teria introduzido a seção de Esportes no periódico, escrevendo sobre a tardes no Coliseu em que os cristãos primitivos eram devorados por leões. O jornalista (?) teve problemas quando ele se envolveu com uma mulher que era esposa de quem alimentava os leões e acabou sendo devorado por um deles. Com sua morte, teria começado a ser comemorado o Dia do Cronista Esportivo. Dia 8 de dezembro é comemorado o Dia do Cronista Esportivo.  O narrador Luís Magno ouviu atentamente o relato do colega.

Candidato a uma vaga no jornalismo da Antena 1 tem apenas 10 segundos para mandar currículo e reportagem ao mesmo tempo

Por Rodney Brocanelli

A Antena 1 está à procura de um novo integrante para a equipe de seu departamento de jornalismo. A forma de recrutamento chama a atenção, uma vez que é solicitado aos candidatos que enviem um vídeo de 10 segundos (repetindo 10 segundos) falando de si, de suas carreiras e uma pequena (vai ter que ser pequena mesmo) matéria sobre política, economia ou músicas que tocam no playlist da emissora.

Para quem está achando que é uma fake news, clique o link abaixo.

https://www.facebook.com/131946073508999/posts/2333658713337713/

A exigência da Antena 1 se torna mais folclórica quando comparamos com a média de reportagens veiculadas por rádios all news. Por exemplo, a CBN dedicou pouco mais de um minuto a notícia sobre o roubo de uma tonelada de outro no Aeroporto Internacional de São Paulo (clique aqui).

Essa notícia remete à lembrança de Eneás Carneiro, que quando candidato à presidência da República em 1989, que tinha apenas 15 segundos para dar seu recado no horário político gratuito no rádio e na televisão. Certamente, ele seria um forte concorrente a essa vaga da Antena 1.

Antena 1

Em programa esportivo, mulher pede ajuda para enviar carta a Rodrigo Faro

Por Rodney Brocanelli

Essa aconteceu em Cuiabá. Durante um programa esportivo apresentado pela Rádio Capital FM, uma ouvinte entrou no ar não para falar sobre os temas debatidos pela atração, mas sim para pedir ajuda a fim de enviar uma carta ao apresentador Rodrigo Faro, da TV Record. O pedido nada usual surpreendeu a equipe do programa. Um dos integrantes da atração até procurou ajudar, indicando que ela entrasse em contato com a Gazeta, que é afiliada da Record no estado. Outros levaram a siutuação na galhofa. Assim como o perfil /televinhetas, que postou esse vídeo, o blog Radioamantes também quer saber maiores detalhes sobre esse áudio: qual é o nome do programa, quais são os seus integrantes (especialmente o que tentou ajudar a ouvinte e o que disse não gostar do Rodrigo Faro). Ouça abaixo.

Rodrigo Faro

Painel cai em cima de apresentadora durante programa da Guaíba

Por Rodney Brocanelli

Um pequeno incidente marcou a edição desta terça (7) do programa Direto a Ponto, da Rádio Guaíba. Bem na abertura do programa, durante a leitura das principais manchetes,  Ananda Müller foi surpreendida com a queda do painel (ou banner, como queiram) com o logo da emissora, que fica bem atrás do apresentador da vez. Um local estratégico para a captação das imagens que vão para transmissão via Facebook. Ananda, claro, tomou um grande susto a queda, mas depois acabou se divertindo com a situação. Ela até tentou seguir com a atração, mas teve de chamar um bloco de comerciais devido à sua crise de riso. Veja no vídeo abaixo.

Ananda Müller Banner

Rollas e Shanas

Por Rodney Brocanelli

Um do grandes momentos do programa pré-jogo da transmissão de Universidad Católica x Grêmio, na Rádio Guaíba, última quinta-feira, ocorreu  a partir do momento Cristiano Silva registrou a mensagem de um ouvinte chamado Leonardo Paixão. Na verdade, seu nome é Luciano Rolla, mas por um pedido de uma rádio onde ele trabalhava, teve de mudar de nome, conforme explicou o narrador Rafael Pfeiffer. Essa foi a deixa para lembrar de nomes com duplo sentido (Shanna, por exemplo), dando aquele clima de quinta série ao papo. Até mesmo o nome do jogador tcheco Kudela, que virou celebridade por aqui depois do amistoso contra a seleção brasileira, foi lembrado. (Ah, Cristiano Silva está devendo a história do nome de um piloto de safety car em Tarumã).

guaibeiro

Eleito melhor em campo em amistoso, Kudela surpreende e diverte também a José Silvério

Por Rodney Brocanelli

Além da vitória do Brasil sobre a República Tcheca pelo placar de 3 a 1, a outra grande notícia desse amistoso foi uma trollagem promovida por internautas na pesquisa interativa da Rede Globo para saber qual foi o melhor jogador da partida. Ondrej Kudela, defensor do adversário do Brasil, foi o eleito. Na tevê, o narrador Galvão Bueno, quando viu o resultado, até que demorou um pouco para entender a escolha. No entanto, a ficha logo caiu. “Ah, agora entendi”, disse Galvão no ar, que levou a brincadeira na esportiva (veja mais aqui). “Estavam pensando que eu ia falar diferente. Valeu! É o voto da ironia, eles queriam ver o que o Galvão ia falar. Ganhou com 28,30%. Houve um movimento. Como é que se chama isso aí? Viralizou, né? É meme, meme, essas coisas todas aí”, acrescentou.

Quem também se divertiu (não sem antes surpreender-se) com a história foi José Silvério, que transmitiu esse mesmo amistoso pela Rádio Bandeirantes. “É o Andrei”, disse ele procurando abrasileirar a pronúncia de Ondrej. O sempre sério Claudio Zaidan ironizou: “Ele é craque do jogo porque ele entrou e não ganhou uma. O cara não fez nada, e aí é eleito craque do jogo”. Silvério complementou: “E a defesa ficou aberta”. Ouça abaixo, em uma cortesia de Edu Cesar, do Papo de Bola (Volta, Edu!).

 

kudela-silvério

 

“Tem que pedir para cagar e sair”, diz narrador após pênalti perdido por Nenê

Por Rodney Brocanelli

O narrador Ricardo Melo, que narrou a partida São Paulo x Sport pela 105 FM, ficou muito irritado com o pênalti desperdiçado pelo jogador Nenê. Uma vitória daria ao tricolor a tranquilidade necessária na briga com o Grêmio por uma vaga direta na Copa Libertadores 2019. Aos 29 minutos do segundo tempo, o São Paulo teve uma penalidade máxima marcada a seu favor. Nenê cobrou e o goleiro Maílson defendeu. Ao microfone da 105 FM, Ricardo Melo disse: “Você tá de sacanagem, Nenê(…) Tem que pedir para cagar e sair”. Ouça abaixo.

105fm