Sem agradecimento ou despedida, Rádio Globo deixa melancolicamente o AM em São Paulo

Por Rodney Brocanelli

No começo da madrugada desta segunda (10), aconteceu o desligamento do transmissor de AM da Rádio Globo. Desde então, a tradicional frequência dos 1100Khz está fora do ar. Conforme amplamente divulgado por sites que cobrem o rádio, o Grupo Globo solicitou ao Ministério das Comunicações a revogação da outorga que permitia a veiculação da programação da Globo na faixa de Amplitude Modulada.  Tal solicitação aconteceu também com os 780Khz, canal do mesmo grupo por onde era transmitida a programação da CBN.

No player abaixo, é possível ouvir os últimos instantes na Globo no AM. Chama a atenção o fato de que não houve nenhuma despedida oficial, nenhuma retrospectiva e qualquer tipo de agradecimento. Um fim triste para uma frequência histórica. Antes da Globo, os 1100Khz abrigaram a programação da antiga Rádio Nacional que, apesar do nome,  não tinha nada a ver com o governo. Ela foi inaugurada em 1952 e pertencia às Organizações Victor Costa.

Em 1965, os veículos de comunicação que pertenciam à Victor Costa foram adquiridos por Roberto Marinho, entre eles a TV Paulista. Ela viraria a TV Globo, de São Paulo. A Rádio Nacional permaneceu com este nome até 1977, quando o Governo Federal exigiu a mudança.  Após um período de transição e ajustes na programação, a Globo conquistou a liderança de audiência no AM em meados dos anos 1980.

Com a constante depreciação da faixa do AM, a Rádio Globo buscou incessantemente uma canal de  FM para transmitir sua programação. Em 2017, após um acordo com a Rede Mundial de Comunicações, a programação passou a ser transmitida em 94,1Mhz. Para isso, houve uma reformulação total na grade, abandonando o segmento popular e apostando numa mistura de talk and news. Entretanto, essa reformulação não deu resultados e agora a Globo passou a ser musical, com algumas pitadas de futebol.

Ouça abaixo o triste fim da Rádio Globo no AM em São Paulo. Agradecimentos ao site Rádio Arquivo pelo registro.

rádio globo

Conheça a audiência do AM na Grande São Paulo

Por Rodney Brocanelli

O Radioamantes teve acesso aos dados de mais uma pesquisa de audiência do rádio AM da Grande São Paulo. Os números  se referem ao período compreendido entre os meses de outubro e dezembro de 2019. O levantamento une o que é ouvido pelo aparelho de rádio e na internet também.

Pelo menos quatro emissoras estão com números acima dos 10 mil ouvintes por minuto. A Rádio Capital segue como a líder geral nesse ranking, com aproximadamente 40 mil ouvintes por minuto. Vale destacar que 2019 foi um ano bastante tumultuado para a emissora, com alterações em cargos de direção e ter seu nome envolvido em possíveis negociações para a troca de dono.

Na segunda colocação, vem a Rádio Jovem Pan, com cerca de 20 mil ouvintes por minutos. Mesmo apesar de colocar parte de sua programação jornalística e de duas transmissões esportivas no FM, esse resultado se deve a boa qualidade da recepção em AM. Uma das poucas que se deixa ouvir nos receptores, sem se irritar.

Em seguida, surge uma surpreendente Rádio Record na terceira colocação, com seus pouco mais de 10 mil ouvintes por minuto. Talvez pouca gente saiba, mas a emissora segue com programação popular nos 1000Khz. Um de seus principais destaques é o Manhã Record, apresentado por Léo Miranda. Se houvesse uma divulgação maior, a emissora talvez pudesse ser uma forte concorrente para a Capital.

Quem também está com seus pouco mais de 10 mil ouvintes por minuto, mas separada por detalhes da Record aparece a Rádio Terra na quarta colocação. A emissora do conglomerado pertencente ao sr. Paulo Abreu é eminentemente sertaneja.

Na quinta colocação, temos a Rádio 9 de Julho, de orientação religiosa (embora com alguns programas laicos), com pouco mais de 9 mil ouvintes por minuto.

O que não deixa de ser surpresa nesse levantamento é a sexta colocação, ocupada pela Rádio Bandeirantes, com pouco mais de 7 mil ouvintes por minuto. Ao contrário da Jovem Pan, a emissora do Morumbi não tem priorizado a qualidade do seu parque técnico em AM, o que gerou muitas reclamações dos tradicionais ouvintes da faixa. Sabe-se que a faixa caminha para a quase extinção, mas não precisava avacalhar tanto.

Depois, temos um bloco de emissoras que aparecem com aproximadamente 6 mil ouvintes por minuto, separadas por pouca diferença. A Rádio Metropolitana, de Mogi das Cruzes, está na sétima colocação. Depois, na oitava colocação, aparece a religiosa Rádio Imaculada, de São Bernardo/Mauá. Em seguida, temos a Rede Boa Nova, de Guarulhos, na nona colocação, com sua programação religiosa a partir das bases da doutrina espírita.

A popular Super Rádio ocupa a décima colocação, com pouco mais de 5 mil ouvintes por minuto. A Rádio Cultura, da Fundação Padre Anchieta, com sua programação voltada à MPB está na décima primeira colocação, com aproximadamente 4 mil e 800 ouvintes por minutos. Outra emissora que poderia divulgar melhor sua programação.

Ainda na casa dos 4 mil ouvintes por minuto, a Rádio Morada do Sol vem na décima segunda colocação. Também com 4 mil ouvintes por minuto, na décima terceira posição está a Rádio ABC, que nos últimos tempos investiu em programação popular, com comunicadores. Ambas as emissoras também estão separadas por pouca diferença.

De Osasco, a Rádio Nova Difusora, está na décima quarta colocação, com aproximadamente 3 mil e 700 ouvintes por minuto. A Rádio Mundial é a décima quinta e temos aqui outro caso em que a diferença entre as emissoras é ínfima.

Na décima sexta posição vem a Nossa Rádio, com pouco mais de 3 mil e 500 ouvintes por minuto. A Rádio América é a décima sétima colocada com seus aproximadamente 2 mil e 700 ouvintes por minuto. Esse panorama poderá mudar com a recente troca de frequência da emissora.  A Rádio São Paulo é a décima oitava colocação, com cerca de 2 mil e 200 ouvintes.

Fechando a lista, está a Rádio Trianon, na décima nona colocação, com quase 1 mil e 900 ouvintes por minuto.

Nota-se a ausência da Rádio Globo entre as 19 emissoras listadas nesse ranking recebido pelo Radioamantes.

rádio

Super Rádio Tupi passa a desligar seu transmissor de AM nas madrugadas

Por Rodney Brocanelli

Desde a meia noite desta sexta-feira, a Super Rádio Tupi passou a desligar seu transmissor de Amplitude Modulada. Enquanto a frequência dos 1280Khz permanece fora do ar, a programação segue normal no FM 96,5Mhz e pela Internet. Aliás, a emissora mudou seu tradicional logotipo e a nova marca já destaca a Frequência Modulada. Deve ser uma questão de tempo para que o AM da Tupi seja desligado de forma definitiva. Quem perde com isso  são os ouvintes de outras localidades fora do Rio, que conseguem sintonizar a emissora com som local. Este radioamante lembra de ter ouvido toda a campanha vitoriosa do Botafogo no campeonato carioca de 1989 pela Tupi em um aparelho de som instalado no centro de São Paulo. Ouça abaixo, o registro do desligamento e religamento do transmissor, em uma cortesia do perfil  Televinhetas do YouTube.

UPDATE (01.06.2019 – 09h45) – O blog recebeu a informação de que, na noite desta sexta, a Tupi desligou seu transmissor mais cedo: às 20h.

Super Rádio Tupi - nova

Governo de Minas quer extinguir a Inconfidência AM

Por Rodney Brocanelli

A Rádio Inconfidência AM 880Khz, de Belo Horizonte, virou notícia nesta sexta-feira por um motivo nada agradável. Os grandes jornais da capital mineira anunciaram que a operação da emissora deverá ser extinta. “Num prazo adequado, com planejamento, cuidado, preservando conteúdos relevantes, terá de ser extinta como todas as grandes redes de rádio já fizeram. Abandonaram a faixa AM porque isso é uma imposição legal”, disse Marcelo Matte, secretário estadual de cultura ao jornal O Estado de Minas (leia mais aqui).

A intenção da Secretaria de Estado da Cultura é migrar grande parte de sua programação para a frequência de FM já existente em 100,9Mhz. Tal decisão foi tomada, segundo nota oficial, devido ao sucateamento do AM, da falta de peças para reposição e da queda de audiência geral das emissoras que operam na faixa. “Com isso, a manutenção do sinal torna-se algo inviável, semelhante ao que significaria manter o sinal analógico de uma TV. O que não faz sentido diante da inovação tecnológica atual”, diz um trecho da nota.

Ainda segundo o texto divulgado, “os programas exclusivos dessa faixa estão sendo analisados, para uma possível manutenção na grade do FM. É o caso do programa Trem Caipira, que passará por adequações, mas continuará existindo na FM. A proposta da nova gestão é manter o espaço para a música tradicional de raiz, estilo que tem a cara de Minas Gerais e está presente em diversas regiões do estado”.

Múcio Bolivar, apresentador do Trem Caipira foi demitido nos últimos dias. De forma indireta, a nota oficial comentou esse episódio: “A ideia é fortalecer a presença da música tradicional mineira na rádio, mas buscar inovação no formato de sua apresentação. Em 2018, a viola foi reconhecida pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais como patrimônio imaterial do estado. Existem mais de 1.500 violeiros cadastrados pelo Instituto, que são fonte importante da nossa cultura e sempre terão espaço na Rádio Inconfidência. Mas sua apresentação pode ser pensada dentro de uma perspectiva mais atual, inclusive porque é tradição da comunicação pública mineira ser inovadora”.

Outro trecho da nota oficial fala sobre captação de receitas externas: “O governo entendeu que a captação de recursos externos é um norte de gestão, mas deverá ser feita de forma gradual, e que é preciso garantir os recursos de custeio enquanto a instituição se prepara para aderir a um novo modelo de sustentabilidade econômica”.

Em março último, o governador Romeu Zema reduziu a verba da Inconfidência, segundo o site Os Inconfidentes: de R$ 1.212.681,00 para R$ 70 mil, cerca de R$ 5.833 por mês. (veja mais aqui).

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais, por sua vez, também divulgou nota informando que o governo Zema quer demitir trabalhadores concursados com as mudanças que virão na Inconfidência AM. “O Sindicato informa que vai tomar todas as medidas legais para reverter essas demissões. Vai também atuar politicamente, por meio de audiências públicas e manifestações, para impedir o desmonte da emissora pública mineira”, diz a nota (leia mais aqui).

Criada em 1936, a Inconfidência foi criada para integrar o estado de Minas Gerais. Um de seus primeiros slogans foi “A Voz de Minas para toda a América”. A emissora ainda tem operação ativa em ondas curtas

Nos últimos anos, a Rádio Inconfidência ganhou destaque na mídia nacional pela inovação de colocar uma mulher, Isabelly Morais, para narrar os jogos dos principais times mineiros.  Não se sabe se o FM deverá incorporar a equipe esportiva da emissora, uma das mais tradicionais do estado.

Rádio Inconfidência

 

 

Salomão Ésper responde a ouvinte sobre problemas técnicos da Rádio Bandeirantes

Por Rodney Brocanelli

Salomão Ésper, um dos nomes mais tradicionais da Rádio Bandeirantes, falou na edição desta sexta (11) as dificuldades técnicas que a a emissora vem enfrentando nas últimas semanas (saiba mais clicando aqui).

O apresentador respondeu a mensagem de um ouvinte que disse estar deixando de ser ouvinte da Bandeirantes devido à impossibilidade de sintonia. “E triste ter de abandonar um hábito incorporado à vida, sem maior explicação”, escreveu.

Em resposta, Salomão disse que a torre da Bandeirantes desabou devido à questões climáticas. O blog Radioamantes apurou que esse problema afetou tanto a torre do AM como a do FM, que ficam em locais diferentes. “Fico na torcida que possa ser solucionado brevemente esse problema. Não perdi a esperança”, disse. Ouça abaixo.

saolmão

Ouvintes da Bandeirantes relatam dificuldades para sintonizar a frequência do AM

Por Rodney Brocanelli

Os ouvintes dos AM da Rádio Bandeirantes vêm enfrentando sérias dificuldades para sintonizar a emissora em 840Khz. As reclamações se avolumaram no final do ano passado. A partir disso, em seu perfil no Facebook, o Radioamantes pediu para que seus leitores informassem o local onde moravam e se havia dificuldades na recepção do sinal (clique aqui). As respostas foram das mais variadas: ouvintes do ABCD, em especial das cidades de Santo André e São Bernardo do Campo e Mauá informaram que não conseguem ouvir a Bandeirantes. Na capital, o blog recebeu relatos de problemas na Zona Leste, em especial no bairro da Mooca.  Ouvintes de Guarulhos e de Cotia (diferentes pontos da Grande São Paulo) também tabém enviaram relatos de problemas. De forma privada, uma ouvinte que mora na Faria Lima disse que a frequência dos 840Khz estava muda. Até mesmo o município de Sorocaba ficou sem receber a programação da emissora.

Com base nesses informes, o Radioamantes procurou a assessoria de imprensa da Rádio Bandeirantes em duas ocasiões: uma antes das festas de final de ano e outra na última segunda-feira (07).  No entanto, até o momento em que este post foi publicado, não houve qualquer tipo de resposta. Caso o Grupo Bandeirantes, em respeito ao seu ouvinte, se manifeste, haverá o registro aqui no blog.

Logo_RB_Cor

 

 

Ouça o Radioamantes no Ar

Nesta semana, o Radioamantes no Ar falou sobre a audiência do AM, do FM e das transmissões de futebol (meio de semana) na Grande São Paulo. Outros temas: a não venda dos veículos do Grupo Jaime Câmara (Goiás),a aposentadoria de Marco Antônio Pereira e informações sobre a investigação da morte do radialista Ricardo Hill. O Radioamantes no Ar é veiculado todas as sextas, sempre a partir das 09h pela web rádio Showtime (http://showtimeradio.com.br). Com Rodney Brocanelli, João Alckmin e Rogério Alcântara.

showtime2

Ouça o Radioamantes no Ar

Nesta semana, o Radioamantes no Ar falou sobre a situação das emissoras de AM do Grupo Globo. A ideia é descontinuar a transmissão dessa faixa nas praças de São Paulo, Rio e Belo Horizonte. A medida atingiria as rádios Globo e CBN. E mais: web rádio de Curitiba obtém liminar e poderá ter repórter nos gramados em competições da CBF. Além disso, o programa falou o desfecho do caso de agressão dos profissionais de web rádio no Allianz Parque durante a final do campeonato paulista de 2018 e das novidades da Jovem Pan. O Radioamantes no Ar é veiculado todas as sextas, sempre a partir das 09h pela web rádio Showtime (http://showtimeradio.com.br). Com Rodney Brocanelli, João Alckmin e Rogério Alcântara.

showtime2

Globo e CBN deixarão o AM

Por Rodney Brocanelli

A assessoria de imprensa das rádios Globo e CBN divulgou comunicado informando que será descontinuada a transmissão das emissoras do Rio, São Paulo e Belo Horizonte em Amplitude Modulada. Apesar do aviso, não foi fixada uma data limite para essa saída do ar. Sabe-se apenas que profissionais responsáveis pela manutenção do parque técnico foram dispensados no dia de hoje.

Veja abaixo a íntegra do comunicado.

Am-Fm 1

Ouça o Radioamantes no Ar

Nesta semana, o Radioamantes no ar falou sobre as mudanças no comando do jornalismo da Rádio Gaúcha. Cyro Silveira Martins, o atual gerente, está se aposentando. Outros assuntos: as mudanças no dial do Rio de Janeiro, ocasionadas pela saída (ainda provisória) da Mania FM e a audiência do AM na Grande São Paulo. E ainda, a estreia de Marc Tawil no Café das Seis, da Rádio Globo (São Paulo) em substituição a Mentor Neto. O Radioamantes no Ar é veiculado todas as sextas, sempre a partir das 09h pela web rádio Showtime (http://showtimeradio.com.br). Com Rodney Brocanelli, João Alckmin, Flavio Ashcar e Rogério Alcântara.

showtime2

Ouça mais uma edição do Radioamantes no Ar.

Nesta semana, o Radioamantes no Ar falou sobre a saída da Melodia FM do dial da Grande São Paulo e da entrada da Prime FM. Outros assuntos: Kiss FM fora do ar no Rio de Janeiro, o detalhamento da audiência do AM na Grande São Paulo. O Radioamantes no Ar vai ao ar todas as sextas, sempre a partir das 09h pela web rádio Showtime (http://showtimeradio.com.br). Com Rodney Brocanelli, João Alckmin e Flavio Ashcar.

showtime2

Radioamantes no Ar fala sobre a situação da Vida FM e da audiência do FM no Rio de Janeiro

Nesta semana, o Radioamantes no Ar falou da audiância do FM no Rio de Janeiro e do AM na grande São Paulo. Outro tema abordado foi a situação da Vida FM, que está fora do ar devido a questões jurídicas. O Radioamantes no Ar vai ao ar todas as sextas-feiras, sempre a partir das 09h, pela web rádio Showtime (http://showtimeradio.com). Com Rodney Brocanelli, João Alckmin e Rogério Alcântara.


showtime2

Radioamantes no Ar fala da reviravolta dos números da audiência na Grande SP e do prêmio Apca

A edição desta sexta-feira do Radioamantes no Ar falou sobre a reviravolta da pesquisa de audiência do rádio AM e FM na grande São Paulo. Após a divulgação dos números em fevereiro, o instituto responsável alegou erro na aplicação do tal “Novo Critério Brasil” e soltou novos dados na semana passada. Capital AM e Alpha FM foram as mais prejudicadas. A Abert emitiu nota oficial nesta semana demonstrando toda a sua insatisfação com os recentes acontecimentos. Além disso, o programa falou sobre a entrega dos prêmios da Apca, que acontece no próximo dia 17. O Radioamantes no Ar é veiculado todas as sextas, pela web rádio Showtime (http://showtimeradio.com.br), sempre a partir das 09h. Com Rodney Brocanelli, João Alckmin e Flavio Ashcar.

showtime2

Radioamantes no ar traz números de audiência do AM e FM em SP e fala da situação da Rádio Iguatemi

Nesta edição, o Radioamantes no Ar falou sobre mais uma pesquisa de audiência do rádio AM e FM da grande São Paulo divulgada nos últimos dias. Além disso, o programa falou sobre a situação da Rádio Iguatemi (SP), que vive dias de indefinição, com comunicadores deixando a emissora e incerteza do que será feito com os espaços vagos na grade de comunicação. O Radioamantes no Ar é veiculado todos os sábados pela web rádio Showtime (http://www.showtimeradio.com.br/). Com Rodney Brocanelli e participação de João Alkmin e Flavio Aschcar.

showtime2

Jovem Pan recebe autorização para iniciar testes na nova frequência de FM

Por Rodney Brocanelli

A Rádio Panamericana de São Paulo, conhecida como Jovem Pan, recebeu autorização para o início dos testes na frequência reservada no FM para a migração das emissoras que atualmente estão no AM. O decreto foi publicado no Diário Oficial de 13 de agosto. A informação foi divulgada via redes sociais por Marcelo Carvalho, um dos diretores da emissora.

jovempan