Archive

Posts Tagged ‘Brasil’

Os gols do carnaval

Por Rodney Brocanelli

E tem futebol na época do samba. Os principais campeonatos regionais tiveram suas rodadas normalmente neste sábado. Vamos começar destacando o gol de Railan, que garantiu o empate em casa para a equipe do Novorizontino na partida contra o São Paulo. Placar final 2 a 2. Ouça o registro de Danilo Almeida na Rádio Trianon.

O Palmeiras goleou a Ferroviária jogando no Allianz Parque. Excelente resultado para afugentar o princípio de crise que ameaçava se instalar com a derrota para o Corinthians. Nilson Cesar narrou na Jovem Pan. Vídeo postado pelo canal Futnático.

No Rio, o Flamengo classificou-se para a final da Taça Guanabara ao vencer o Vasco. Gol de pênalti marcado por Diego. José Carlos Araújo narrou na Super Rádio Tupi. Vídeo postado pelo canal Leandro Sports Rádios.

O Atlético-MG foi até Governador Valadares e venceu o Democrata por um placar apertado: 3 a 2. Ouça o registro da Rádio Itaiaia. Narração de Milton Naves.

Roberson foi o autor do gol que garantiu a vitória do Internacional sobre o Brasil/Pelotas no Beira Rio. Daniel Oliveira narrou na Rádio Bandeirantes, de Porto Alegre.

Narrador Hugo Sergio homenageia companheiros que morreram na tragédia da Chapecoense

26/01/2017 1 comentário

Por Rodney Brocanelli

O narrador Hugo Sergio, da Rádio AM 730, de Goiânia, prestou uma homenagem aos profissionais de imprensa que morreram na tragédia do avião que levava não apenas a eles, mas a delegação da Chapecoense, no último mês de dezembro. Quando Dudu fez o gol que garantiu a vitória do Brasil no amistoso contra a Colômbia, Hugo fez questão de dizer o nome de todos os que estavam naquele voo, mas sem se esquecer dos “guerreiros da Chape”. Ouça abaixo.

730am

 

 

Memória: relembre algumas narrações de Flavio Araújo na Rádio Gazeta (SP)

Por Rodney Brocanelli

Flávio Araújo é um nome conhecido dos bons tempos do Escrete do Rádio da Rádio Bandeirantes, entre os anos 1960 e 1980. Ele dividia as narrações dos principais jogos com Fiori Gigliotti e ainda era escalado para a transmissão de outros esportes, como boxe e Fórmula 1. Em 1981,  Flávio encarou um novo desafio em sua carreira, comandando a equipe esportiva da Rádio Gazeta. Lá, ele participou de uma grande cobertura, a da Copa de 1982, na Espanha, em rede com a antiga Rádio Clube Paranaense (hoje B2), de Curitiba. Flávio deixou a Gazeta em 1985. Após uma breve passagem pela Federação Paulista de Futebol, foi para Campinas e lá atuou como comentarista em emissoras como a Central.

Vamos destacar aqui três momentos de Flávio na Gazeta. O primeiro é o gol de Eder na partida entre Brasil x URSS, válida pela Copa da Espanha. O gol da virada da seleção canarinho.

Outro gol daquela mesma Copa, mas desta vez não muito agradável para os brasileiros. Flávio narra o terceiro gol da Itália na partida contra o Brasil, marcado por Paolo Rossi.

Para encerrar, Flávio Araújo narra o gol de Pita, pelo Santos, na primeira partida da decisão do campeonato brasileiro de 1983.

flavioaraujo

Ouça a íntegra da narração de José Silvério para o Brasil x Alemanha dos Jogos Olímpicos

15/09/2016 1 comentário

Por Rodney Brocanelli

Atendendo a alguns pedidos, vamos divulgar aqui a íntegra da transmissão que o Grupo Bandeirantes fez para a grande final do torneio de futebol dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Brasil e Alemanha disputaram a medalha de ouro. Melhor para seleção brasileira que, nos pênaltis, alcançou o primeiro lugar no pódio. Essa partida ganhou uma outra dimensão devido ao fato de que na Copa do Mundo, os alemães venceram o Brasil de goleada, pelo placar de 7 a 1. O jogo dos Jogos Olímpicos seria uma revanche.

A narração é de José Silvério, com os comentários de Claudio Zaidan e Sergio Xavier Filho. Esse mesmo trio transmitiu os 7 a 1 da Copa. A única diferença daquela transmissão para essa está na equipe de reportagem. Leandro Quessade, que foi para a Fox Sports, deu lugar para Bernardo Ramos e Guilherme Palesi.

Foi uma das melhores narrações recentes de Silvério, o que levou a este blog a dizer que ele precisa dos grandes jogos e os grandes jogos necessitam dele. Leia aqui:

https://radioamantes.wordpress.com/2016/08/20/ouca-a-narracao-de-jose-silverio-para-o-ouro-do-brasil-no-futebol/

Um dado curioso: os áudios que eu postei sobre o 7 a 1 no You Tube são os mais vistos do canal que mantenho lá. Os gols ultrapassaram a marca de 54 mil acessos. E olha que é apenas o áudio com a narração de José Silvério. Indício de que aquela partida teve o mesmo efeito para essa geração que o Brasil x Uruguai da final de 1950 teve para a sua.

Ouça no player abaixo o tempo normal e na sequência a prorrogação e as penalidades máximas.

Silvério

Memória: relembre Milton Peruzzi, Barbosa Filho e Geraldo Blota em ação na Copa de 1974

14/09/2016 2 comentários

Por Rodney Brocanelli

O áudio não está aquelas coisas, mas nunca é demais recordar um registro histórico da Rádio Gazeta, de São Paulo. Em 1974, a emissora tinha uma equipe esportiva respeitável e esteve presente na cobertura da Copa do Mundo daquele ano, disputada na Alemanha. No player abaixo, é possível ouvir um gol de Rivelino na partida entre Brasil e Alemanha Oriental. Aliás, um golaço de falta, uma verdadeira patada atômica. A narração é de Milton Peruzzi, com comentários de Barbosa Filho e as reportagens de Geraldo Blota.

ef2295f1df4af8569969049bd863ad56_400x400

 

 

Ouça a narração de José Silvério para o ouro do Brasil no futebol.

20/08/2016 3 comentários

Por Rodney Brocanelli

Durante o pré-jogo de Brasil x Alemanha, José Silvério disse que essa era a primeira final de futebol nos Jogos Olímpicos que ele narrava em sua carreira pelo rádio. Anteriormente, ele transmitiu Nigéria x Argentina pela extinta TV Manchete. Esse jogo decidiu o ouro da modalidade nos jogos de Atlanta, em 1996. E o desfecho de agora não poderia ser melhor: Brasil medalha de ouro. Não foi uma conquista fácil. Teve empate no tempo normal, empate na prorrogação e disputa de pênaltis. Silvério brilhou como sempre.

Contrariando as expectativas deste blog, Silvério não narrou todos os jogos, fazendo parte de um revezamento com Dirceu Marchiolli e Ulisses Costa. Na final, ele brilhou como sempre o que reforça ainda mais uma impressão para quem diz que ele está na descendente: Silvério precisa dos grandes jogos. E os grandes jogos necessitam da voz de José Silvério. Ouça no player abaixo.

Silvério

José Silvério narra jogo do Brasil no torneio de futebol dos Jogos Olímpicos

Por Rodney Brocanelli

O Grupo Bandeirantes de Comunicação acertou ao escalar José Silvério para narrar o jogo de estreia do Brasil no torneio de futebol dos Jogos Olímpicos. Talvez essa seja a tendência até o fim da participação da seleção dirigida por Rogério Micale. Se for com a medalha de outro, melhor ainda. Enriquecerá o currículo do narrador.

Entretanto, como nem tudo é perfeito, talvez valesse um investimento maior para colocar Silvério no estádio Mané Garrincha. Além do mais a transmissão mostrou um tremendo desleixo do ponto de vista técnico. Usaram o som da transmissão de televisão como ambiente. Ninguém da parte técnica percebeu que na vinheta dos replays (aquela na qual aparecem as argolas do símbolo olímpico) havia um efeito sonoro que vazava no ar. Tomara que para a próxima jornada, atentem para esse detalhe.

Silvério

%d blogueiros gostam disto: