Rádio Globo deixa a praça de São Paulo sem surpresas

Por Rodney Brocanelli

Não houve qualquer surpresa na despedida definitiva da Rádio Globo em São Paulo. Tal como ocorreu durante o desligamento dos transmissores dos 1100Khz em fevereiro deste anos (clique aqui para ver). Não houve qualquer tipo de agradecimento ou anúncio oficial na virada do domingo para a segunda. A transmissão foi simplesmente interrompida durante a música que estava no ar. A Rádio Globo vinha ocupando a frequência dos 94,1Mhz.

No lugar da Globo, entrou uma programação musical, tal como já acontecerá logo após o término das transmissões da saudosa Bradesco Esportes FM, que até março de 2017  ocupava a mesma frequência. Não se sabe qual será seu destino e mesmo se ela terá algum destino imediato na atual conjuntura nacional. Vale destacar que os 94,1Mhz são administrados pelos herdeiros de José de Abreu, irmão de Paulo Abreu, conhecido nome da radiodifusão da Grande São Paulo.

Resta apenas lamentar que a atual direção da Rádio Globo não tenha desenvolvido um projeto de rádio específico para São Paulo, praça que deu a liderança absoluta no ranking de audiência do AM por muitos anos, especialmente em grande parte da década de 1980. A matriz carioca seguirá no ar, com uma programação direcionada para os jovens daquela região.

Para encerrar: foi muito comovente acompanhar a preocupação de Cosme Rímoli, colunista/blogueiro do Portal R7 com o fim da Rádio Globo. Em seu espaço, o jornalista dedicou dois textos ao tema (leia aqui e aqui).  Ele poderia informar também se o conglomerado onde ele trabalha tem algum projeto para a Rádio Record AM, de São Paulo, que opera em 1000Khz?

Ouça abaixo os últimos instantes da Rádio Globo

radiogloboantiga

Sem agradecimento ou despedida, Rádio Globo deixa melancolicamente o AM em São Paulo

Por Rodney Brocanelli

No começo da madrugada desta segunda (10), aconteceu o desligamento do transmissor de AM da Rádio Globo. Desde então, a tradicional frequência dos 1100Khz está fora do ar. Conforme amplamente divulgado por sites que cobrem o rádio, o Grupo Globo solicitou ao Ministério das Comunicações a revogação da outorga que permitia a veiculação da programação da Globo na faixa de Amplitude Modulada.  Tal solicitação aconteceu também com os 780Khz, canal do mesmo grupo por onde era transmitida a programação da CBN.

No player abaixo, é possível ouvir os últimos instantes na Globo no AM. Chama a atenção o fato de que não houve nenhuma despedida oficial, nenhuma retrospectiva e qualquer tipo de agradecimento. Um fim triste para uma frequência histórica. Antes da Globo, os 1100Khz abrigaram a programação da antiga Rádio Nacional que, apesar do nome,  não tinha nada a ver com o governo. Ela foi inaugurada em 1952 e pertencia às Organizações Victor Costa.

Em 1965, os veículos de comunicação que pertenciam à Victor Costa foram adquiridos por Roberto Marinho, entre eles a TV Paulista. Ela viraria a TV Globo, de São Paulo. A Rádio Nacional permaneceu com este nome até 1977, quando o Governo Federal exigiu a mudança.  Após um período de transição e ajustes na programação, a Globo conquistou a liderança de audiência no AM em meados dos anos 1980.

Com a constante depreciação da faixa do AM, a Rádio Globo buscou incessantemente uma canal de  FM para transmitir sua programação. Em 2017, após um acordo com a Rede Mundial de Comunicações, a programação passou a ser transmitida em 94,1Mhz. Para isso, houve uma reformulação total na grade, abandonando o segmento popular e apostando numa mistura de talk and news. Entretanto, essa reformulação não deu resultados e agora a Globo passou a ser musical, com algumas pitadas de futebol.

Ouça abaixo o triste fim da Rádio Globo no AM em São Paulo. Agradecimentos ao site Rádio Arquivo pelo registro.

rádio globo

Radioamantes no Ar fala sobre o fim da MPB FM e do golpe na greve dos funcionários da Tupi

O ano está apenas no seu segundo mês e as notícias não param de acontecer. O Radioamantes no Ar desta semana falou sobre os dois assuntos que mobilizaram o meio rádio nesta semana: o fim da MPB FM e o golpe na greve dos funcionários da Super Rádio Tupi. O Radioamantes no Ar vai ao ar todas as sextas, sempre a partir das 09 pela web rádio Showtime (http://showtimeradio.com.br). Com Rodney Brocanelli, João Alckmin e Flávio Aschar.

showtime2

Web Rádio Lusa encerra suas atividades

Por Rodney Brocanelli

Em comunicado divulgado na tarde desta quinta feira, a Web Rádio Lusa, dedicada à cobertura dos jogos da Portuguesa, informa que irá encerrar suas atividades já a partir deste mês de setembro. “Bom, para resumir, não temos verbas para prosseguir com a rádio e por isso resolvemos colocar um ponto final”, diz o texto publicado no perfil oficial da emissora no Facebook. A web emissora foi criada em 2008 e chegou a ser um projeto oficial do clube Nos últimos tempos, vinha atuando de forma independente. Leia abaixo a íntegra do comunicado.

 

webrádiolusa

O fim da Beat 98 e estreia da Rádio Globo Rio nos 98,1 FM (RJ)

Por Rodney Brocanelli

Desde as primeiras horas desta madrugada, a Rádio Globo está ocupando a freqüência dos 98,1 Mhz, no Rio de Janeiro. Conforme o que já vinha sendo exaustivamente anunciado, o Sistema Globo de Rádio decidiu não mais pagar aluguel para ocupar os 89.5 Mhz, de propriedade das Organizações Sol Panamby (leia-se Nova FM). Sobrou para a Beat 98, emissora voltada para o publico jovem. A marca vai prosseguir, mas apenas na Internet. Graças ao auxílio do blog Rádio Esportivo, é possível acompanhar os últimos momentos da Beat 98 e a estreia da Rádio Globo na sua nova casa no FM.

radioglobo1

Ouvintes usam blog Radioamantes para lamentar fim da Band News em Campinas e da Jovem Pan em Santos

Por Rodney Brocanelli

Ouvintes das cidades de Campinas e Santos encontraram no blog Radioamantes um veículo para demonstrar descontentamento pelo fim das rádios Band News e Jovem Pan nas respectivas cidades.

No dia 01 de fevereiro, publicamos aqui o post anunciando a troca da Band News pela Band FM em Campinas, que se confirmou nos primeiros dias de março.

https://radioamantes.wordpress.com/2013/02/01/a-despedida-da-band-news-campinas/

Muitos fãs da emissora foram pegos de surpresa. Na busca por maiores informações, eles vieram parar no blog Radioamantes e protestaram por causa da alteração. Eis aqui alguns exemplos:

Tudo bem, fechou a transmissão local da BandNews Campinas, mas os ouvintes de Campinas ficam agora privados de ouvir a BandNews? Qual a sintonia para aqueles que desejam acompanhar a programação da BandNews de São Paulo ou alguma alternativa que não seja a Net? Os ouvintes de Campinas e região merecem uma atenção, mesmo porque com toda certeza é um número considerável de pessoas que acompanhavam as noticias atrávés da emissora. Certo de que de alguma maneira serei ouvido, agradeço.
PS: No site não enconbtrei nenhum canal de acesso claro para postar essa queixa, nem o acesso a um ouvidoria da rádio, isso, me perdoem, denota uma certa falta de transparência e respeito ao ouvinte (Manoel Martins).

Campinas nem parece cidade “grande” tem uma grade tão horrorosa local, no caso da Band mesmo, e agora mais essa tirar do ar uma radio excelente que sempre ouvia e sem ao menos dar uma explicação. Lamentável (Julio).

É realmente lamentável a decisão do grupo Bandeirantes. Com uma população já tão carente de educação e informações de qualidade, retirar do ar uma rádio como a BandNews para passar a transmitir a programação de gosto discutível de outra rádio do grupo, é, na melhor das hipóteses, um desserviço à sociedade. Uma tremenda falta de respeito não apenas com os ouvintes, jornalistas e demais funcionários da rádio, mas com toda cidade de Campinas.
Espero que essa decisão “estratégica” seja revista, e que a BandNews Campinas volte a existir em breve, pois como grupo de comunição, o papel do grupo Bandeirantes é justamente comunicar e informar, e não favorecer o “emburrecimento” da população com rádios medíocres, como a que passou a ser transmitida na frequência 106,7, em Campinas (Matheus Missaglia).

Pena que simplesmente resolveram nos privar de algo que fazia parte da rotina, principalmente ao entrar no carro, já estava sempre ligado na band. infelizmente faltou respeito a região que é uma das mais importantes politica e economicamente no brasil, será que tem o dedo podre de alguém por traz disso? (Valdeci)

Lamentável! Mais um caso de troca de programação com intelectualidade por banalidade…..República de Bananas! (Rafa Chaib)

A história se repete agora. A Jovem Pan finalmente deixou a frequência dos 99,7Mhz em Santos. Um post de junho de 2011 falando dessa possível saída transformou-se em um ponto para o desabafo de seus ouvintes.

https://radioamantes.wordpress.com/2011/07/04/jovem-pan-am-prestes-a-deixar-os-997-fm-em-santos/

Veja abaixo algumas das mensagens deixadas no blog desde o dia 11 de março.

Lamentável a saida da Jovem Pan da baixada santista, no tradicional 99,7 FM. Qual minha surpresa hoje, a nova dona do 99,7 é a CBN. Seu Tuta faça algo por nós (Jorge Deguchi)

como deixaram isto acontecer com uma radio tao forte aqui na baixada; socorro!!!!!!!!!! (Everaldo Santos)

Sou ouvinte da JOVEM PAN, lamento profundamente sua saída, aguardo muito breve retorno, nos moradores da região merecemos…. (Marco Antonio)

Por favor, turma da Pan, não nos deixe na mão. Ouço a Pan o dia inteiro. Lamentável se isso for adiante.
Meus radios em casa (4) e no carro, só sintonizam 99,7. Estou a deriva sem a programação da Pan. Programação excelente o dia inteiro, não podemos ficar sem (Yara)

Os dois posts em questão estão entre os mais visualizados do blog nos últimos dias.

Logo BandNews FM

jovempan_am

Fim da 89 FM mostra que (alguns) donos de rádio querem ter lucro sem fazer investimentos

Por Rodney Brocanelli

Uma grande ironia marcou o anúncio do fim das atividades da 89 FM: ela aconteceu em plena semana do rádio. Espera-se que o comunicado oficial prometido para a próxima semana possa esclarecer qual era a real situação da emissora. Apesar dos divulgados mais de 100 mil ouvintes por minuto, não se tem conhecimento da real situação comercial da estação. Até há bem pouco, havia a parceria com a Nestlê, que fez a emissora virar “customizada”, com a adoção do nome 89 Fast. Não se sabe até que ponto o fim do contrato abalou seu faturamento. Conutdo, não haviam notícias sobre dificuldades financeiras no Grupo Camargo de Comunicação. E esse tipo de informação corre pelo mercado,como atleta que disputa a São Silvestre ou a maratona dos Jogos Olímpicos.

Tudo indica que a tal Rede do Bem FM irá assumir a frequência em caráter de arrendamento. Pelo o que se vê, os donos da concessão, no caso a família Camargo, quer, sim, o lucro. Mas sem ter qualquer tipo de investimento (ou despesa, dependendo do ponto de vista).  Desse jeito, até eu viro dono de rádio….

 

 

Mudanças no caminho da rádio Oi FM

do jornal O Tempo

Segundo nota publicada pelo portal tudoradio.com, a rede Oi FM, liderada pela Oi FM 94.1 de Belo Horizonte, deve encerrar suas operações até o fim de 2011. De acordo com o portal, isso se deve ao encerramento do contrato entre a Oi (operadora de telefonia) e o Grupo Bel, responsável pela operação das rádios.

Procurado pela reportagem de O TEMPO, o diretor comercial da Oi FM, Vilmar Junior, optou por não comentar o caso e afirmou que a empresa deve divulgar, sexta-feira, um comunicado oficial relativo ao futuro das suas operações.

Entre as possibilidades levantadas pelo portal tudoradio.com, está a hipótese de que as emissoras ligadas à rede Oi FM iniciem o ano de 2012 sem nome, apenas informando suas frequências. Considera-se, nesse sentido, a possibilidade de que as mesmas emissoras estabeleçam parceria com outra marca.

Comentário: A Oi FM foi a rádio errada para uma época errada, apesar de todas as suas boas intenções (Rodney Brocanelli).

Abaixo, ouça um trecho da estreia da Oi FM, em São Paulo, no ano de 2007