Archive

Posts Tagged ‘Luiz Carlos Reche’

No Radioamantes no Ar, um bate papo com Edu Cesar, do @papodebola

Nesta semana, o Radioamantes no Ar trouxe um convidado especial: Edu Cesar, do site Papo de Bola. Ele falou sobre diversos temas palpitantes da mídia esportiva, como a polêmica da não realização do clássico Atlético-PR x Coritiba (ou Atletiba) devido às questões relacionadas à transmissão via You Tube, a situação da Bradesco Esportes FM, que está para encerrar suas atividades e a definição do futuro de Luiz Carlos Reche. O Radioamantes no Ar vai ao ar todas as sextas, sempre a partir das 09h, pela web rádio Showtime (http://showtimeradio.com.br). Com João Alckmin e Flavio Ashcar.

showtime2

Porto Alegre: Luiz Carlos Reche deixa o Grupo Bandeirantes

10/02/2017 11 comentários

Por Rodney Brocanelli

O jornalista Luiz Carlos Reche não faz mais parte do Grupo Bandeirantes, em Porto Alegre. Ele foi comunicado de sua saída na tarde desta sexta-feira, logo após apresentar o programa Apito Final, conforme informações do site Coletiva.net. Egresso da Rádio Guaíba, Reche estava na Band/RS desde 2014. Tinha uma coluna na versão local do jornal Metro, apresentava o “Apito Final” e o “Esporte e Notícia – segunda edição”, fazia comentários na Band News FM local, além de aparecer na TV Bandeirantes. Ao Coletiva, o apresentador disse que o grupo estava com dificuldades de manter seu salário. O mesmo site informa que Reche estaria em negociações com a Rádio Grenal.

Na última quarta-feira, Luiz Carlos Reche participou na transmissão de Internacional x Fluminense na Rádio Bandeirantes.

reche

Memória: Ouça a transmissão da Guaíba para o título mundial do Inter em 2006

Por Rodney Brocanelli

Hoje é um dia de festa para o torcedor do Internacional. Apesar de todas as agruras dos últimos tempos, existe espaço para lembrar de um dos momentos mais gloriosos do Colorado, que está completando dez anos neste sábado. Em 2006, o poderoso Barcelona era favoritaço (para usar um termo da moda) na final do Mundial de Clubes da Fifa. O brasileiro Ronaldinho Gaúcho era um dos destaques da equipe catalã. Um gol de um heroi improvável aos 36 minutos da segunda etapa garantiria o título ao Internacional. Adriano Gabiru saiu do banco de reservas para entrar na história.

Para esta data comemorativa, vamos resgatar a íntegra da transmissão feita pela Rádio Guaíba, de Porto Alegre. À época, a emissora ainda pertencia ao empresário Renato Ribeiro.  A venda para à Igreja Universal do Reino de Deus seria sacramentada apenas em fevereiro do ano seguinte. Sem dúvida, a última grande cobertura antes da fase atual da Guaíba. Os principais nomes do departamento esportivo na ocasião viajaram ao Japão a fim de transmitir a partida. Com mais de três horas de duração, é possível ouvir parte do pré-jogo, a bola rolando na sua íntegra e o pós jogo.

Ficha técnica

Narração: Haroldo de Souza
Comentários: Edegar Schmidt e Otacílio Gonçalves
Reportagens: Luiz Carlos Reche e Flavio Dal Pizzol
Apresentação: Ernani Campelo
Plantão: Rogério Bohlke

mundialdeclubesinter

 

Aniversário do Mazembe Day demonstra que diferenças entre narrador e ex-emissora são irreconciliáveis

Por Rodney Brocanelli

No sexto aniversário do Mazembe Day, a Rádio Bandeirantes, de Porto Alegre, demonstrou que as diferenças entre a emissora e o narrador Haroldo de Souza parecem ser irreconciliáveis. Durante o programa Esporte e Notícia, comandado por Luiz Carlos Reche, o quadro Aconteceu na História fez o registro da desclassificação do Internacional na semifinal da edição 2010 do Mundial de Clubes da Fifa em partida disputada contra o Mazembe (placar final 2 a 0). Entretanto, o áudio usado para ilustrar a data, do segundo gol que garantiu a classificação do clube congolês, teve apenas o trecho da participação do repórter Sergio Couto, sem a participação prévia de Haroldo descrevendo o lance (clique aqui para ouvir).  Na ocasião, esse áudio completo virou noticia nacional, uma vez que o narrador decidiu não narrar esse gol, em respeito à tradição do Inter. Isso garantiu ampla projeção à Bandeirantes.

Haroldo teve uma passagem, breve pela Bandeirantes: chegou em 2010 e dela saiu em 2012. Quando deixou a emissora  ele fez duras críticas a dois profissionais que na época estavam em cargos de chefia, questionando a independência dos mesmos e acusando-os de serem marionetes da matriz.

Ouça abaixo o trecho do Esporte e Notícia.

Logo_RB_Cor

Sobre a briga do Caderira Cativa, Luiz Carlos Reche diz que ex-presidente do Inter perdeu a cabeça

Durante a abertura do  Esporte e Notícia, veiculado pela Rádio Bandeirantes, de Porto Alegre, o apresentador Luiz Carlos Reche falou brevemente sobre o incidente ocorrido no dia anterior em seu programa de tv, o Cadeira Cativa, da Ulbra TV. Para quem ainda não sabe,  um dos participantes da atração, Fernando Miranda, ex-presidente do Internacional, tentou agredir a socos o jornalista Julio Ribeiro. Outro integrante da mesa, Ernani Campelo, procurou separar os brigões.  “Obvio que não estou celebrando o episódio, mas é impressionante a repercussão que hoje tem a Internet”, disse Reche. “Os dois são meus amigos, mas o presidente Miranda perdeu a cabeça”, acrescentou. Ouça abaixo.

Veja abaixo, o trecho do programa Cadeira Cativa em que Fernando Miranda parte para cima de Julio Ribeiro.


 

reche

Marcos Couto e Luiz Carlos Reche cantam hino para comemorar ascensão do Brasil (Pelotas) para a série B

Por Rodney Brocanelli

Neste último sábado, várias emissoras de Porto Alegre dedicaram boa parte de sua programa esportiva para a transmissão da partida entre Brasil (Pelotas) e Fortaleza, válida pela série C do campeonato brasileiro. Em jogo, uma vaga para a semifinal da competição e o carimbo para o passaporte para a série B de 2016, uma vez que são quatro os clubes que sobem. Gaúcha, Guaíba e Bandeirantes transmitiram a peleja. Vamos destacar aqui os instantes finais da transmissão da Bandeirantes. O narrador Marcos Couto e o comentarista Luiz Carlos Reche demonstraram toda sua emoção com mais essa conquista do futebol gaúcho. No final, a dupla até arriscou a cantar trechos do hino do Brasil. Ouça abaixo.

Logo_RB_Cor

Luiz Carlos Reche: melhor jornalista que cantor

Por Rodney Brocanelli

12 de outubro é uma data importante para os católicos. Cada devoto prestou homenagens como pode à Nossa Senhora. Na Rádio Bandeirantes, de Porto Alegre, Luiz Carlos Reche cantou um corinho antes do pontapé inicial de Internacional x Fluminense. Nessas horas é que lembramos o fato de Reche ser melhor jornalista que cantor.

reche

%d blogueiros gostam disto: