Arquivo

Posts Tagged ‘Rádio Bandeirantes’

Ricardo Caprotti diz que Wagner Mancini jogou para a torcida em resposta à repórter

Por Rodney Brocanelli (com a colaboração de Edu Cesar, do Papo de Bola)

Em 19 de agosto de 2017, uma pergunta do repórter ao técnico Vagner Mancini e a resposta dele sobre o triunfo do Vitória diante do Corinthians por 1 x 0, pelo Campeonato Brasileiro, causou enorme repercussão tanto na internet quanto em outras mídias. No dia seguinte, ao término do “Terceiro Tempo”, o apresentador e coordenador esportivo Ricardo Capriotti fez um pronunciamento sobre este episódio e sobre a conduta do profissional na emissora.

Capriotti disse que o Garrafa pulou todas as etapas na empresa, passando de estagiário a contratado da empresa por méritos próprios. “É um profissional brilhante, um menino com muita qualidade, acrescentou.

Em seguida, o apresentador afirmou que “nós jornalistas, as vezes não somos muito bons com números E por uma questão numérica, o Garrafa acabou sendo muito mal interpretado e julgado de uma forma covarde”. Capriotti disse ainda que em momento algum, Felipe Garrafa deixou de ser um profissional brilhante que é para vestir camisa de clube em alguma das transmissões esportivas da Rádio Bandeirantes.

Segue Capriotti: “No campo das ideias, Wagner Mancini deixou escapar a chance de debater os números e debater as ideias para transformar a discussão para um lado pessoal, que não tinha absolutamente nada a ver. O Wanger Mancini, no popular, jogou para a torcida ontem desnecessariamente. Não precisava ter incluído uma questão pessoal no meio de uma coletiva”.

Por fim, Ricardo Capriotti considerou antiquado o discurso de que a imprensa de São Paulo precisa olhar para o restante do país. Garrafa segurá exercendo suas funções na Rádio Bandeirantes. Ouça a íntegra abaixo.

Ricardo Capriotti

Sobre o incidente envolvendo Felipe Garrafa e Wagner Mancini

20/08/2017 31 comentários

Por Rodney Brocanelli

Um pitaco na polêmica envolvendo o repórter Felipe Garrafa, da Rádio Bandeirantes, e  Wagner Mancini, técnico do Vitória na entrevista que se seguiu após o triunfo da equipe de Salvador sobre o Corinthians pelo placar de 1 a 0, no último sábado. Eu tendo a me incomodar quando estou falando e alguém me interrompe. Sempre aprendi que isso é falta de edução. Mancini, na minha visão, não foi educado. Ele poderia rebater os argumentos de Felipe Garrafa, ao final do questionamento, com elegância absoluta.

Por sua vez, o repórter embora tenha se equivocado ao levar para a coletiva números da primeira etapa, a intenção até que era boa: fazer um questionamento embasado. Vejo poucas pessoas analisando a sequência da pergunta de Garrafa que era:  “o Vitória veio à São Paulo jogar por uma bola ou (esse resultado mostra que) o Corinthians não era um time tão imbatível assim, como foi criado”. Não vi qualquer problema. Era uma pegunta absolutamente pertinente, que um técnico experiente como Mancini saberia tirar de letra, sem precisar fazer cena. Quem deveria ficar na bronca era a torcida do Corinthians, afinal, segundo o questionamento, o time “não é tão imbatível assim”.

O que se seguiu depois foi algo absolutamente condenável. A tropa do mal das redes sociais passou a buscar mensagens no Twitter que o ligassem o profissional a algum clube. Conseguiram. O resultado: ele foi exposto à execração pública Prática típica de desocupados. Não é a primeira vez que isso acontece e, infelizmente, não será a última. Para terminar, Garrafa recebeu a solidariedade de diversos profissionais de imprensa, que não deixaram de criticá-lo por causa de seu erro. Muitos desses desocupados passaram a falar de corporativismo. Não é. O profissional teve a solidariedade por ser vítima de uma atitude grosseira. E, ao meu ver, quem fala de corporativismo, deveria dizer a qual categoria deles pertence. Muitas delas são mais corporativas que a dos jornalistas.

felipe garrafa

Reinaldo Azevedo estreia na Rádio Bandeirantes

18/08/2017 1 comentário

Reinaldo Azevedo reforça a equipe da Rádio Bandeirantes a partir da próxima segunda-feira (21) com sua opinião contundente. Na coluna “Pronto, Falei”, o jornalista vai analisar e comentar o cenário político brasileiro em um dos horários mais expressivos do radiojornalismo.

“Pronto, Falei” será levada ao ar duas vezes por dia, de segunda a sexta-feira, às 7h50 no “Jornal Primeira Hora” e às 9h50 no “Jornal Gente”.

Saiba mais sobre a Rádio Bandeirantes em www.radiobandeirantes.com.br e siga a emissora nas redes sociais:  https://twitter.com/RBandeirantes e https://www.facebook.com/radiobandeirantes

SONY DSC

Foto: Divulgação

Os gols do meio de semana

Por Rodney Brocanelli

Desta vez, a seção terá uma versão bem reduzida. Culpa de Botafogo e Flamengo que não colaboraram. A primeira partida da semifinal da Copa do Brasil envolvendo as duas equipes terminou em 0 a 0.

Mas em Porto Alegre, o Grêmio venceu o Cruzeiro pelo placar de 1 a 0 e, com isso, saiu na frente na outra perna da semifinal da mesma competição. Vamos começar prestigiando o rádio do interior riograndense destacando a narração de Fabiano Bernardes, da Rádio Progresso de Ijuí.

Ouça também a narração de Pedro Ernesto Denardin, da Rádio Gaúcha.

Ouça ainda a narração de Paulo Brito, da Rádio Bandeirantes.

Abaixo, a narração de Angelo Afonso, da Rádio Grenal.

Alberto Rodrigues narrou essa partida na Rádio Itatiaia.

Na segunda, a Chapecoense decidiu a Copa Suruga em partida disputada contra o Urawa Red Diamonds. Uma penalidade máxima bem cobrada deu o título para a equipe japonesa. Ouça a narração de Rafael Henzel, da Rádio Oeste Capital.

Radioamantes no ar fala sobre a agitação no rádio esportivo de Porto Alegre e demissões no Grupo Bandeirantes

Nesta semana, o Radioamantes no Ar falou sobre a agitação no rádio esportivo de Porto Alegre envolvendo os profissionais Marco Antônio Pereira, José Aldo Pinheiro, Thiago Suman e Luís Magno e as rádios Guaíba, Grenal e Bandeirantes. Outros temas: demissões no Grupo Bandeirantes e a audiência do FM na Grande São Paulo. O Radioamantes no Ar vai ao ar sempre a partir das 09h pela web rádio Showtime  (http://showtimeradio.com.br). Com Rodney Brocanelli, João Alckmin e Flávio Ashcar.

showtime2

José Aldo Pinheiro troca a Bandeirantes pela Guaíba

Por Rodney Brocanelli

A Rádio Guaíba fechou então as reposições para a saída de Marco Antônio Pereira. Uma delas já anunciada no Radioamantes, é a chegada de Luís Magno, narrador que veio da Rádio Caixas. (Saiba mais aqui). A outra é a chegada de José Aldo Pinheiro, que passou os últimos cinco anos narrando pela Rádio Bandeirantes, de Porto Alegre. Nessa emissora, ele apresentava também os programas Apito Final e Esporte em Debate.

É a segunda passagem de José Aldo pela Guaíba. Ele esteve na emissora entre 1986 e 1995. Neste retorno, o profissional terá muitas atribuições. Além de narrar os jogos de futebol da dupla Grenal, ele irá apresentar o programa Repórter Esportivo, veiculado nos finais de tarde, a partir das 17h, e será também coordenador esportivo, ocupando a vaga que era do repórter Cristiano Silva.

A estreia de José Aldo Pinheiro na narração será na partida entre Grêmio x Cruzeiro, dia 16 de agosto, jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil. Por sua vez, o já citado Luís Magno fará sua primeira narração na Guaíba na partida Internacional x Londrina, válida pela série B do campeonato brasileiro neste próximo sábado (12.08).

A última narração de José Aldo na Bandeirantes aconteceu no último dia 18 de julho, na partida entre Internacional e Luverdense. Ouça abaixo.

José Aldo Pinheiro

 

Os gols do final de semana

Por Rodney Brocanelli

Em Porto Alegre, o Grêmio venceu o Atlético-MG pelo placar de 2 a 0. Ouça a narração de Pedro Ernesto Denardin, da Rádio Gaúcha.

Ouça também a narração de Carlos Jornada, da Rádio Estação Web.

Pensando na quarta-feira, o Palmeiras perdeu para o Atlético-PR pelo placar de 1 a 0. Ouça a narração de Marcelo Ortiz, da Rádio Banda B, de Curitiba.

Em Salvador, o São Paulo caiu diante do Bahia: 2 a 1. Ouça a narração de Renato Rainha, da Band News FM.

Zé Ricardo não é mais o técnico do Flamengo depois da queda diante do Vitória. Placar final de 2 a 0. Ouça a narração de Raniere Alves, da Rádio Metrópole.

O Fluminense venceu o Atlético-GO no Maracanã pelo placar de 3 a 1. Ouça a narração de Jota Santiago, da Super Rádio Tupi.

O Corinthians garantiu o título simbólico do primeiro turno da série A ao vencer o Sport pelo placar de 3 a 1. Ouça a narração de Márcio Rodrigues, da parceria Premium Esportes e Rádio Trianon.

O Internacional venceu o Guarani, em Campinas: 2 a 0. Ouça a narração de Daniel Oliveira, da Rádio Bandeirantes, de Porto Alegre.

Em Maceió, o CRB venceu o América-MG. Ouça a narração de Enio Lima, da Rádio Itatiaia.

Ouça também a narração de Tony Santos, da Rádio Maceió.

O Brasil, de Pelotas, venceu uma partida importante fora de casa, contra o Criciúma. Ouça a narração de Mario Lima, da Rádio Eldorado.

Pela série D, o Atlético Acreano venceu o São José em Porto Alegre e saiu na frente na briga por uma vaga na série C. Ouça a narração de Carlos Jornada, da Rádio Estação Web.

%d blogueiros gostam disto: