Archive

Posts Tagged ‘Rio de Janeiro’

Rede do Bem substitui a programação da Bradesco Esportes no Rio de Janeiro

13/03/2017 1 comentário

Por Rodney Brocanelli

No Rio de Janeiro, confirmou-se o que vinha se informando há algumas semanas. A frequência dos 91,1Mhz desde a madrugada desta segunda está transmitindo a programação da Rede do Bem, de responsabilidade da Igreja Plenitude. Até a meia noite do domingo, foi veiculada a programação da Rádio Bandeirantes, de São Paulo. Após alguns momentos de silêncio, entrou a vinheta do arrendatário da frequência.  Ouça abaixo.


 

RADIO_REDE_DO_BEM_FM_SP

Em seu programa na Bradesco Esportes, Datena informa que não falará do futebol carioca

01/03/2017 1 comentário

Por Rodney Brocanelli

Em uma das edições mais recentes do Nossa Área, José Luiz Datena disse que não vai dar mais espaço para o futebol do Rio de Janeiro. Não que o apresentador seja bairrista, mas a questão é que a emissora não tem mais programação local desde o dia 24 de fevereiro. “Eu gostaria até de transmitir, de comentar o noticiário do Rio, mas não é legal. Teria que ter o profissional do Rio”, afirmou, citando Cadu Macri e Edilson Silva, nomes da programação local carioca. Ouça abaixo:

Bradesco Esportes FM

Bradesco Esportes FM encerra suas atividades no Rio de Janeiro.

24/02/2017 4 comentários

Por Rodney Brocanelli

Na tarde desta sexta-feira aconteceu a despedida da Bradesco Esportes FM no Rio de Janeiro. A última atração local veiculada foi o Comendo a Bola, apresentado por Mauro Sant’Anna. E nem mesmo a programação de São Paulo será veiculada nos 91,1Mhz. Existe uma expectativa de que o canal seja alugado por uma igreja evangélica denominacional.  A concessão pertence ao Grupo Bandeirantes e tem sede em Petrópolis. Por sua vez,  emissora de São Paulo deixa o ar no próximo dia 12. Ouça abaixo os derradeiros momentos da Bradesco Esportes fluminense.

Bradesco Esportes FM

Rio: Band News FM é o destino da equipe de Edilson Silva

23/02/2017 3 comentários

Por Rodney Brocanelli

Na manhã desta quinta-feira, José Luiz Datena anunciou em seu programa de rádio na Bradesco Esportes FM que a equipe de Edilson Silva vai se transferir para a Band News FM a partir de março. Atualmente, a equipe de Edilson está na filial carioca da Bradesco Esportes FM. Isso só aumenta o rumor de que a frequência dos 91,1Mhz, que é de propriedade do Grupo Bandeirantes, deverá ser arrendada por uma igreja evangélica.

No início do mês, procurado pelo Radioamantes, Edilson Silva disse que iria prosseguir com seu trabalho no Grupo Bandeirantes do Rio independente do que aconteça com os 91,1Mhz. “Nós vamos continuar transmitindo futebol, apenas aguardando a definição da direção. Essa tranquilidade eu tenho por parte da direção. Nós temos a melhor equipe do Rio de Janeiro. É uma equipe lucrativa e que dá resultado”, disse na ocasião.

Logo BandNews FM

Radioamantes no Ar entrevista Sergio Solon, do site Rádio de Verdade

09/02/2017 2 comentários

O Radioamantes no Ar entrevistou nesta quinta-feira, em edição especial, Sergio Solón, um dos responsáveis pelo site Rádio de Verdade, que fala sobre o rádio do Rio de Janeiro. Solon tem sido um destaques da cobertura de todo o noticiário envolvendo a Super Rádio Tupi. Ele falou sobre a situação da emissora, ficou sem sua programação normal em janeiro devido à paralisação de seus funcionários. Outros assuntos: o fim da MPB FM, a situação da Bradesco Esportes FM, a briga pela audiência entre CBN e Band News. Além disso, ele passou uma informação importante: a Globo, do Rio, poderá dispensar Antonio Carlos e Roberto Canázio a partir de abril. Com João Alckmin e Rodney Brocanelli na http://showtimeradio.com.br

showtime2

Futuro da Bradesco Esportes FM não afeta praça do Rio de Janeiro

07/02/2017 2 comentários

Por Rodney Brocanelli

Nesta terça-feira, o mercado de rádio ficou agitado com as informações dos jornalistas Flávio Ricco e Anderson Cheni dando conta de que a Brasdesco Esportes FM, rádio esportiva do Grupo Bandeirantes, encerra as atividades no próximo dia 12 de março.

Em São Paulo, Flavio Ricco informa que não houve acordo com o patrocinador master do projeto, o Banco Bradesco.  Por sua vez, segundo Cheni, uma brecha do contrato entre a Bandeirantes e o Grupo Bell, dono da frequência dos 94,1Mhz, e banco pode fazer com que o acordo se encerre a qualquer momento.

No Rio de Janeiro, a situação é diferente. A emissora hoje opera em 91,1Mhz, frequência própria do Grupo Bandeirantes, que transmite a partir de Petrópolis. Cheni informou que esse canal poderá ser arrendado por uma igreja denominacional evangélica.

O blog Radioamantes fez contato com Edilson Silva, que cuida do departamento esportivo da Bradesco Esportes do Rio. Ele mostrou bastante tranquilo com as informações que circulam pelo mercado. “Não há insegurança da nossa parte com essa notícia”, disse. Independente do que possa vir a acontecer, ele diz que seguirá com seu trabalho no Grupo Band. “Nós vamos continuar transmitindo futebol, apenas aguardando a definição da direção. Essa tranquilidade eu tenho por parte da direção. Nós temos a melhor equipe do Rio de Janeiro. É uma equipe lucrativa e que dá resultado”, afirmou.

Entre o fim do ano passado e o começo de 2017, Edilson investiu bastante em sua equipe, trazendo nomes como Jota Santiago, Carla Matera, Eugênio Leal, entre outros. Parte dos nomes atuais são contratados da emissora, enquanto que outra parte recebe da empresa do narrador esportivo.

Bradesco Esportes FM

Super Rádio Tupi: a greve continua

09/01/2017 5 comentários

Por Rodney Brocanelli

Em assembléia ocorrida na tarde de hoje, os funcionários da Super Rádio Tupi (RJ) decidiram manter os braços cruzados. A paralisação entrou hoje no seu décimo sétimo dia. Segundo informações do Sindicato dos Radialistas local via redes sociais, 102 funcionários presentes votaram de forma unânime. A reunião decidiu também os próximos passos do movimento: a ideia agora é entrar com uma ação solicitando o bloqueio dos bens da emissora e de seus donos. Na próxima quinta-feira, um protesto será realização em frente ao Ministério Público do Trabalho, em horário a ser definido. Outra deliberação é que a greve só termina com o acerto daquilo que é devido: mais de 4 meses de salário, dois décimos-terceiros e descontos no ticket alimentação.

Sobre a venda da emissora ao empresário Paulo Abreu, divulgada na última semana, foi desmentida pelo Sindicato dos Radialistas em texto publicado em seu site:

http://www.radialistasrj.org.br/index.php/noticias/6089-errata-venda-da-tupi-e-boato

 

super-radio-tupi

%d blogueiros gostam disto: