Archive

Posts Tagged ‘Santos’

Os gols do fim de semana

Por Rodney Brocanelli

No sábado, o Flamengo venceu o Resende pelo placar de 1 a 0. Ouça a narração de Edson Mauro, pela Rádio Globo. Vídeo postado pelo canal Leandro Sports Rádios.

O São Paulo apenas empatou com o Ituano no Morumbi: 1 a 1. Fausto Favara narrou na Jovem Pan.

No Beira-Rio, o Internacional venceu o São Paulo-RS por 1 a 0. Gustavo Manhago narrou pela Rádio Gaúcha. Vídeo postado pelo perfil Gols do Inter.

Em Três Corações, o Atlético-MG venceu o Tricordiano por 2 a 1. Pela Rádio Itatiaia, Mário Henrique Caixa narrou a partida.

Festa em Araraquara com a vitória da Ferroviária sobre o Corinthians pela contagem mínima. Ouça a narração de José Roberto Fernandes, de Rádio Cultura, de Araraquara.

Na Vila, o Palmeiras venceu o Santos de virada. Ouça a narração de Ulisses Costa, da Rádio Bandeirantes.

O Grêmio tomou um susto, mas acabou empatando sua partida contra o Veranópolis. Ouça a narração de Pedro Ernesto Denardin, da Rádio Gaúcha.

O Cruzeiro quase tombou diante da Tombense, mas ficou apenas no empate: 1 a 1. Alberto Rodrigues narrou na Itatiaia.

Os gols do final de semana

06/03/2017 1 comentário

Por Rodney Brocanelli

Vamos começar com a final da Taça Guanabara. A partida foi emocionante e o título decidido apenas nas cobranças de tiros livres. O Fluminense levou a melhor sobre o Flamengo. Ouça a narração de José Carlos Araújo pela Super Rádio Tupi.

No campeonato mineiro, mais uma vitória do Atlético-MG, desta vez sobre o Villa Nova. Ouça a narração de Mario Henrique Caixa, pela Itatiaia. Vídeo postado pelo canal Leandro Sports Radios.

Pelo campeonato paulista, o São Paulo goleou o Santo André no Morumbi, em partida com muitos gols polêmicos. Ouça a narração de José Manoel da Barros, pela Jovem Pan. Vídeo postado pelo canal Futnático.

No sábado, o Corinthians venceu o Santos pelo placar de 1 a 0. Ouça a narração de Oscar Ulisses, na Rádio Globo.

E teve empate no Grenal da arena gremista. Vamos destacar aqui três narrações. A primeira é de Haroldo de Souza, da Rádio Grenal.

Marco Antônio Pereira narrou essa partida na Rádio Guaíba.

Ouça a narração de Daniel Oliveira na Rádio Bandeirantes.

A memória do rádio esportivo tem lacunas que são difíceis de se preencher

19/01/2017 3 comentários

Por Rodney Brocanelli

O Edu Cesar trouxe no seu Papo de Bola o registro de um gol marcado por Pelé em um amistoso contra o Grêmio, na cidade de  Erechim (RS), que marcou a inaguração do estádio Colosso da Lagoa, em setembro de 1970. Mais recentemente, este estádio entrou para a história dos Grenais, uma vez que por pelo menos três ocasiões (2009, 2010 e 2013), um dos maiores clássicos do futebol brasileiro foi disputado nele.

Mas não é bem da memória do futebol que desejo falar, mas sim da memória do rádio. Voltemos à partida entre Ypiranga x Santos. Pelé foi o autor de um dos gols da vitória santista pelo placar de 2 a 0. A história conta que aquele foi o gol de número 1040 do Atleta do Século. E 1040 era a freqüência em que operava a Rádio Tupi, de São Paulo. A Tupi dos Diários Associados, não a do Paulo Abreu. E a equipe esportiva da época decidiu premiar Pele com uma placa por esse gol.

Uma pena que apenas a placa tenha eternizado este momento. Se alguém tiver a curiosidade de ouvir como foi a narração deste gol pela Rádio Tupi, infelizmente não vai conseguir. Os arquivos da emissora não existem mais. Existe uma lenda dando conta de que eles foram apagados pela massa falida que tomou conta dos Associados logo após o encerramento das suas atividades no início dos anos 1980. Até existem alguns registros esparsos por aí, mas eles foram preservados em acervos particulares.

O caso a Tupi não é único. Não existem mais registros da equipe de futebol formada só por profissionais do sexo feminino que fez história na Rádio Mulher, no começo anos anos 1970. E mais: alguém aí lembra das primeiras transmissões de futebol da Rádio Capital (SP) no começo dos anos 1980? Na ocasião, Helio Ribeiro implantou o sistema carrossel, em que várias equipes de transmissão irradiavam simultaneamente as partidas que estivessem acontecendo no mesmo horário. Pois bem,  esses áudios também não foram preservados. E note que se tratam de experiências inovadoras do rádio esportivo.

Tirando as exceções de praxe, a memória do rádio esportivo ainda tem diversas lacunas que dificilmente serão preenchidas.

Ouça abaixo o registro de uma rádio não-identificada de Eerechim do gol 1040 marcado por Pelé.

13611microfone1

Memória: em 1967, Carlos Alberto Torres dedica título à comentarista de rádio

Por Rodney Brocanelli

Em 1967, Luiz Augusto Maltoni, então repórter da Rádio Bandeirantes, estava nos vestiários do Pacaembu entrevistando os jogadores do Santos, que conquistaram o título de campeão paulista do ano de 1967. O trabalho seguia normal até que ele chegou próximo a  Carlos Alberto Torres. O lateral direito, em sua primeira manifestação ao microfone, decidiu dedicar o título ao comentarista Mauro Pinheiro, também da Bandeirantes. “Para ele, o São Paulo seria campeão, mas pra nós, não é não.Tem que rebolar muito para ser campeão”, disse no ar. Maltoni tentou argumentar e defender seu companheiro, mas não houve consenso. Apesar de toda a tensão no ar, a conversa foi civilizada. Maltoni decidiu não prosseguir com a entrevista e Torres reiterou que o título seria dedicado à Pinheiro. Não se sabe se Pinheiro respondeu posteriormente as declarações de Torres.

No dia 20 de dezembro de 1967, São Paulo e Santos disputaram no Pacaembu um jogo-desempate para definir quem seria o campeão paulista daquele ano, uma vez que as duas equipes terminaram empatados em pontos ganhos na classificação geral. O Santos venceu aquela partida pelo placar de 2 a 1 e ficou com o título. Os gols santistas foram marcados por Edu e Toninho Guerreiro, enquanto que Babá diminuiu a vantagem. Carlos Alberto Torres foi o lateral direito titular naquela partida. Torres morreu no último dia 25 de outubro.  Ouça abaixo a entrevista de Torres à Maltoni.

Memória: relembre algumas narrações de Flavio Araújo na Rádio Gazeta (SP)

Por Rodney Brocanelli

Flávio Araújo é um nome conhecido dos bons tempos do Escrete do Rádio da Rádio Bandeirantes, entre os anos 1960 e 1980. Ele dividia as narrações dos principais jogos com Fiori Gigliotti e ainda era escalado para a transmissão de outros esportes, como boxe e Fórmula 1. Em 1981,  Flávio encarou um novo desafio em sua carreira, comandando a equipe esportiva da Rádio Gazeta. Lá, ele participou de uma grande cobertura, a da Copa de 1982, na Espanha, em rede com a antiga Rádio Clube Paranaense (hoje B2), de Curitiba. Flávio deixou a Gazeta em 1985. Após uma breve passagem pela Federação Paulista de Futebol, foi para Campinas e lá atuou como comentarista em emissoras como a Central.

Vamos destacar aqui três momentos de Flávio na Gazeta. O primeiro é o gol de Eder na partida entre Brasil x URSS, válida pela Copa da Espanha. O gol da virada da seleção canarinho.

Outro gol daquela mesma Copa, mas desta vez não muito agradável para os brasileiros. Flávio narra o terceiro gol da Itália na partida contra o Brasil, marcado por Paolo Rossi.

Para encerrar, Flávio Araújo narra o gol de Pita, pelo Santos, na primeira partida da decisão do campeonato brasileiro de 1983.

flavioaraujo

Áudio de notificação de gol do site Futebol Interior vaza na Band News FM

20/07/2016 1 comentário

Por Rodney Brocanelli

O público em geral não sabe, mas o serviço de placar oferecido pelo site Futebol Interior é usado por 9 entre 10 plantões esportivos das emissoras de rádio. Até aí, nada demais. O problema é quando o plantonista (e também operador de áudio) se esquece de desabilitar o áudio do site. Isso aconteceu durante a transmissão de Gama x Santos na Band News FM. O som característico do site vazou no ar, pegando o repórter Luiz Texeira de surpresa. O comentarista André Coutinho entrou na onda. Ouça no player abaixo.

Logo BandNews FM

Onde estão as rádios de Santos na cobertura dos jogos do Santos?

Por Rodney Brocanelli

Em seu Papo de Bola, Edu Cesar registra que apenas duas rádios estiveram nesta terça-feira em Piracicaba para transmitir in loco a partida entre XV de Piracicaba x Santos, válida pelo campeonato paulista de 2016.

São elas:  105 FM (Leandro Bollis, Leonardo Fontes e Ricardo Martins) e Globo/CBN (Marcelo do Ó, Gustavo Zupak, Gabriel Dudziak e Guilherme Pradella), segundo o site. As outras transmitiram partida pelo famoso e popular tubão (com a equipe de transmissão narrando do estúdio e não do estádio).

No entanto, faltou uma pergunta muito pertinente para a ocasião: e as rádios de Santos e região? Estiveram em Piracicaba, também?

Enquanto essa resposta não vem, posso dar um depoimento pessoal: no último sábado, estive no Pacaembu para a transmissão do jogo entre Santos x Água Santa pela Premium Esportes, também válida pelo Paulistão.

Não vi nas cabines reservadas às rádios do interior nenhuma emissora da região. A única que estava lá – e que pode ser considerada local –  era a web rádio oficial do Santos.

Situação bem diferente do que este próprio Radioamantes registrou há uns cinco ou seis anos. Com o surgimento de Neymar e os consequentes bons resultados da equipe na época, várias emissoras se animaram a montar equipes para transmitir exclusivamente os jogos do clube. Posso citar a Tri FM, a 98 Rock, 102 FM e Terra Litoral. Nomes como Altieris Junior, José Calil e Anderson Wendell, o Tico, estiveram por trás destes projetos.

Atualmente,  apenas a Guarujá FM transmite os jogos do Santos.

 

rádio

 

 

 

 

 

Categorias:Análise Tags:, ,
%d blogueiros gostam disto: