Archive

Posts Tagged ‘Super Rádio Tupi’

Radioamantes no Ar fala sobre a guinada da Jovem Pan ao sertanejo e das demissões na Tupi

17/02/2017 1 comentário

Nesta semana, o Radioamantes no Ar falou sobre a guinada da rede Jovem Pan FM ao estilo sertanejo.  Tutinha, presidente do grupo, justifica tal medida dizendo que o Pop hoje não tem mais o prestígio de antes. A decisão deu muito o que falar e já provocou reações de diversos profissionais do rádio, entre eles Julinho Mazzei. Outro assunto abordado no programa (que já virou recorrente,  a se lamentar) é a greve da Super Rádio Tupi. O apresentador Fernando Sergio foi demitido nesta semana. Além disso, não houve acordo entre os grevistas e o alto comando da emissora, em audiência de conciliação promovida pelo TRT-RJ. O Radioamantes no Ar vai ao ar todos as sextas, sempre a partir das 09h pela web rádio Showtime (http://showtimeradio.com.br). Com Rodney Brocanelli, João Alckmin e Flavio Ashcar.

showtime2

Fernando Sergio deixa Super Rádio Tupi

14/02/2017 1 comentário

Por Rodney Brocanelli

A greve na Super Rádio Tupi faz mais uma vítima. O comunicador Fernando Sergio anunciou esta manhã via Facebook que não faz mais parte do quadro de funcionários da emissora. O desfecho de sua situação profissional não surpreende. Na semana passada, seu colega, Haroldo de Andrade Júnior, também foi demitido. Outros funcionários que não voltaram ao trabalho estão recebendo telegramas com comunicações de demissão.  Vale lembrar que em assembleia realizada no dia 02 de fevereiro a maioria dos funcionários decidiu em votação pela manutenção da greve. No entanto, os derrotados se articularam (e entre eles estavam os principais nomes de microfone da rádio) se articularam e retomaram a programação no sábado seguinte.

No vídeo, Fernando Sergio demonstra estar tranquilo com toda a situação. Durante a paralisação feita no mês de janeiro, ele foi um dos poucos a informar seus admiradores sobre tudo o que estava acontecendo. Veja abaixo o vídeo.

super-radio-tupi

 

Greve da Tupi: audiência termina sem conciliação

13/02/2017 1 comentário

do site do Sindicato dos Jornalistas (RJ)

Não houve consenso entre a Rádio Tupi e os trabalhadores em greve na segunda audiência de conciliação nesta segunda-feira no Tribunal Regional do Trabalho. O impasse nas negociações foi provocado pela própria empresa, que chegou a dizer ao juiz que os salários dos funcionários estavam todos pagos. A Justiça, porém, não comprou a versão e acatou a verdade: os trabalhadores estão há seis meses sem receber salários, não tiveram 13º em 2015 e em 2016 e estão sem os depósitos de FGTS e INSS.

A empresa também mentiu ao dizer que a dificuldade de pagamento se deve à greve de 30 dias, que deixou a emissora fora do ar. O argumento foi rechaçado pelo advogado do Sindicato dos Radialistas, que afirmou que a rádio não ficou fora do ar e que os atrasos salariais ocorrem pelo menos desde 2014. O juiz disse que emitirá seu parecer somente após o Carnaval, ainda sem data marcada.

Emissora demite funcionários sem justa causa e por telegrama

Enquanto isso, a Rádio Tupi segue em uma ofensiva contra a greve legítima dos trabalhadores. Nesta segunda-feira – coincidentemente Dia Mundial do Rádio -, funcionários da Tupi começaram a receber telegramas em suas casas informando demissão por justa causa com base no artigo 482 da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), que permite dispensa em caso de desídia. O termo significa desleixo, imperícia, incúria, indolência, negligência, ociosidade e preguiça.

Na semana passada, o comunicador Haroldo de Andrade Júnior foi demitido apesar de liminar judicial que proíbe dispensas de trabalhadores em greve na Tupi. Dias antes, com ameaças e promessas de pagamento, a emissora fez com que parte dos trabalhadores abandonasse a greve.

super-radio-tupi

Radioamantes no Ar entrevista Sergio Solon, do site Rádio de Verdade

09/02/2017 2 comentários

O Radioamantes no Ar entrevistou nesta quinta-feira, em edição especial, Sergio Solón, um dos responsáveis pelo site Rádio de Verdade, que fala sobre o rádio do Rio de Janeiro. Solon tem sido um destaques da cobertura de todo o noticiário envolvendo a Super Rádio Tupi. Ele falou sobre a situação da emissora, ficou sem sua programação normal em janeiro devido à paralisação de seus funcionários. Outros assuntos: o fim da MPB FM, a situação da Bradesco Esportes FM, a briga pela audiência entre CBN e Band News. Além disso, ele passou uma informação importante: a Globo, do Rio, poderá dispensar Antonio Carlos e Roberto Canázio a partir de abril. Com João Alckmin e Rodney Brocanelli na http://showtimeradio.com.br

showtime2

Futebol da Super Rádio Tupi retorna com transmissão da vitória do Flamengo

Por Rodney Brocanelli

Neste sábado, aconteceu a primeira transmissão da equipe esportiva da Super Rádio Tupi em 2017. José Carlos Araújo narrou a partida entre Nova Iguaçu x Flamengo, que teve vitória da equipe rubro negra pelo placar de 4 a 0. Apolinho, Wagner Menezes e Gilson Ricardo participaram da transmissão.

A Super Rádio Tupi voltou com sua programação normal desde os primeiro minutos da madrugada deste sábado. Esse retorno evidenciou uma divisão entre os funcionários da emissora. Em assembléia realizada na última quarta, a maioria dos presentes decidiu pela manutenção da greve. O placar final foi 55 a 32, conforme informações do site Rádio de Verdade. No entanto, a minoria se mobilizou nos dias seguintes para uma volta ao trabalho. Vale lembrar que a paralisação nunca chegou a ser uma unanimidade, especialmente entre aqueles que detém contratos pessoais de publicidade.

Ouça abaixo a narração de José Carlos Araújo

jca

Tupi: Clóvis Monteiro diz que “suposta venda” da emissora foi uma perda de tempo

Por Rodney Brocanelli

Na manhã deste sábado Clóvis Monteiro e Luiz Ribeiro, comunicadores da Super Rádio Tupi (RJ), falaram sobre o movimento grevista dos funcionários da emissora. Ribeiro falou que volta aos microfones de parte da equipe foi uma “troca de agenda”. Segundo ele, antes existia agenda da greve. Essa troca se justifica pela tentativa de reequilibrar economicamente a emissora. Monteiro, por sua vez atrelou a crise da Tupi à conjuntura nacional. Disse também que foi perdido muito com aquilo que ele chamou de “suposta venda” a um grupo de São Paulo. Para quem não sabe, trata-se do grupo de comunicação dirigido por Paulo Abreu.  “Em função disso, as coisas não aconteciam”, acrescentou.

Monteiro afirmou que nos últimos dias, o cenário mudou, com a renúncia do antigo diretor regional dos Diário Associados. Nos últimos dias, foi realizada a eleição de um novo diretor, Josemar Gimenez. E nesta semana foi realizada a primeira proposta de pagamento. No entanto, não foi citado por qualquer dos dois comunicadores que na mais recente assembléia dos funcionários a manutenção da greve foi decidida pela maioria em votação. O placar final foi 55 a 32.

super-radio-tupi

Após racha, Tupi volta ao ar; comunicador reduz tudo a “briga de família”

04/02/2017 6 comentários

Por Rodney Brocanelli

Com pelo menos oito minutos de atraso, a Super Rádio Tupi (RJ) voltou com sua programação normal, após 36 dias tocando músicas apenas. A primeira atração foi o Madrugada Tupi, mas sem a apresentação de Fernando Sérgio, que segue em greve. Garcia Duarte foi designado para estar em seu lugar. No editorial de abertura, Garcia procurou enaltecer a carreira de Fernando, falou muito em respeito e reduziu tudo o que aconteceu desde a assembléia de quarta até a retomada da programação (e não foi pouca coisa) apenas como uma briga de família, lembrando que um dos slogans da emissora é “Família Tupi”. Vale lembrar que a maioria dos funcionários decidiu pelo prosseguimento do movimento grevista. O placar final foi 55 x 32, conforme o Rádio de Verdade.  No entanto, os derrotados acabaram por fazer uma articulação que garantiu a volta destes ao microfone. Ouça abaixo os primeiros minutos da volta da Tupi.

super-radio-tupi

%d blogueiros gostam disto: